Pular para o conteúdo principal

Polícia Civil elucida homicídio de estudante de gastronomia e dois suspeitos são presos


14 DE JANEIRO DE 2020 - 14:26 # # # # # # # #

Uma investigação conduzida pela 5ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na elucidação da morte do estudante universitário, Diego Gonçalves Lima Monteiro (30), morto em 2018, em Fortaleza. As capturas ocorreram na sexta-feira (10), após os cumprimentos de mandados de prisão preventiva nos bairros Messejana e Vila União, Áreas Integradas de Segurança 3 e 5 (AIS 3 e 5).
De acordo com as diligências do DHPP, Diego, que era natural de São Paulo, alugava e vendia veículos em Fortaleza. Inclusive, já mantinha contato com um dos suspeitos, identificado por Ruan Mateus Fernandes Vidal (24) – sem antecedentes criminais, que era encarregado de ameaçar as pessoas que não cumpriam os pagamentos referentes às vendas e locações feitas pelo estudante universitário. Inclusive, o próprio Ruan havia adquirido um veículo de Diego, quando repassou R$ 10 mil como pagamento. Mesmo tendo recebido o dinheiro, a vítima teria ameaçado Ruan, pedindo o veículo de volta.
Diante das ameaças, Ruan articulou a ação criminosa com um segundo indivíduo, que já foi qualificado e indiciado pela Polícia Civil. No dia do crime, 29 de março, a vítima comprou flores e chocolate e contatou Ruan para realizar uma corrida até a casa de sua ex-namorada. No caminho, a vítima foi atingida com um disparo de arma de fogo e o seu corpo foi deixado em uma rua próxima à Lagoa da Parangaba. O terceiro investigado, que foi preso pelo DHPP, se trata de Samuel de Lima Santos (33) – com antecedentes criminais por roubo e lesão corporal. Ele é o proprietário do carro utilizado na ação criminosa. Samuel emprestou o veículo, mas não participou diretamente do homicídio.
Por meio de diligências e oitivas, os policiais civis do DHPP desvendaram o crime, o que culminou na representação pelos mandados de prisão contra os suspeitos. Ruan e Samuel foram capturados e conduzidos ao DHPP, onde foram ouvidos. Agora, eles se encontram à disposição da Justiça e deverão responder por homicídio. O terceiro envolvido segue sendo investigado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…