Pular para o conteúdo principal

Projeto Futsal Sesc abre inscrições em Fortaleza e região



São 800 vagas para crianças e adolescentes dentro do perfil PCG (Programa de Comprometimento e Gratuidade). Inscrições começam a partir do dia 15.

Muito mais que diversão, o esporte tem o poder de transformar vidas. É com essa perspectiva que o projeto Futsal Sesc trabalha, ensinando tanto as técnicas da atividade esportiva quanto princípios relacionados à convivência e responsabilidade com a equipe. As inscrições do projeto para este ano, em Fortaleza e Região Metropolitana, começam a partir do dia 15 e são realizadas nos núcleos do Futsal Sesc.
Ao todo, 800 vagas estão disponíveis em sete núcleos: Unifametro (Centro), Jardim Iracema, Barra do Ceará, Sapiranga, Educar Sesc I (Farias Brito), Educar Sesc II (Damas) e Sesc Iparana (Caucaia). Para participar é preciso ter entre 8 e 17 anos, ser dependente de trabalhador do comércio e aluno matriculado ou egresso da rede pública de ensino, ou bolsista integral em escola particular, com renda familiar de até três salários mínimos. Meninos e meninas podem se inscrever.
O Projeto Futsal Sesc trabalha com uma metodologia fundamentada no ensino da prática esportiva como inclusão social. De acordo com o gestor do projeto, Manoel Tobias, o foco é a preparação completa dos alunos “trabalhamos com uma organização que possibilita o crescimento dos atletas e o desenvolvimento de talentos”, destaca. Ele também chama atenção para o preparo dos monitores, que passam por qualificação específica.
Cada núcleo trabalha com turmas divididas por categorias baseadas nas idades dos jogadores: Sub-9 (8 e 9 anos), Sub-11 (10 e 11 anos) Sub-13 (12 e 13 anos), Sub-15 (14 e 15 anos) e Sub-17 (16 e 17 anos). Em atividade desde 2007, o projeto já atendeu mais de 12 mil alunos em todo o Ceará.
Seletivas Sesc 2020
Além das inscrições para as turmas, também serão realizadas, de 20 a 31 de janeiro, as seletivas para formação das equipes que representarão o projeto em competições das categorias Sub 15, Sub 17 e Sub 20.  As seletivas acontecerão no ginásio do Sesc Fortaleza (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro), de segunda a sexta, das 8h às 12h. Poderão participar alunos e atletas de 13 a 20 anos, que serão distribuídos nas categorias adequadas a cada idade. É necessário levar documento oficial com foto.

Inscrições

UNIFAMETRO
Ginásio da Unifametro - Rua Conselheiro Estelita, Nº 500 – Centro
Horário: segundas, quartas e sextas, das 13h às 18h
Data: a partir do dia 15 de janeiro
125 vagas

PAROQUIA SANTO ANTÔNIO - JARDIM IRACEMA
Ginásio da Paroquia Santo António - Rua Alberto Ferreira, Nº 230 - Jardim Iracema
Horário: terças e quintas, das 8h às 11h e das 14h às 17h
Data: a partir do dia 15 de janeiro
125 vagas

ESCOLA MUNICIPAL DOIS DE DEZEMBRO - BARRA DO CEARÁ
Rua Araquém, Nº 860 - Barra do Ceará
Horário: segundas, quartas e sextas, das 17h30 às 20h30
Data: a partir do dia 15 de janeiro
125 vagas

INSTITUTO VIDA VIDEIRA – SAPIRANGA
Rua São João Del Rey, 1764
Horário: terças e quintas, das 8h às 17h
Data: a partir do dia 15 de janeiro
125 vagas

ESCOLA EDUCAR SESC - FARIAS BRITO
Rua José Jataí, Nº 813 - Farias Brito
Horário: terças e quintas, das 17h às 20h
Data: a partir do dia 15 de janeiro
100 vagas

ESCOLA EDUCAR SESC DE ENSINO FUNDAMENTAL – DAMAS
Avenida João Pessoa, Nº 5920 – Damas
Horário: segundas, quartas e sextas, das 17h às 20h
Data: a partir do dia 20 de janeiro
125 vagas

SESC IPARANA
Av. José Alencar, 150 - Iparana, Caucaia
Horário: terça e quinta, das 8h às 11h e das 13h às 17h.
Data: a partir do dia 20 de janeiro
125 vagas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…