Pular para o conteúdo principal

*Renascer é lançado em Fortaleza*



O maior retiro de carnaval promovido pela Comunidade Católica Shalom, o Renascer 2020, acontecerá entre os dias 23 e 25 de fevereiro no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza. A expectativa é reunir cerca de 26 mil pessoas. O tema deste ano será “Buscai as coisas do alto” (Col. 3,1). A citação é retirada da Carta de São Paulo aos Colossenses e dá indicações de como experimentar uma vida nova, a partir da experiência com o Ressuscitado.

O lançamento aconteceu simultaneamente na sede do Shalom da Paz, na Aldeota, e em outras quatro unidades do Shalom em Fortaleza (Bairro de Fátima, Parquelândia, Parangaba e Cidade dos Funcionários). Na ocasião, foi realizada uma missa e palestra de orientação aos voluntários. Ao todo, cerca de 3 mil pessoas trabalharão voluntariamente na edição deste ano.“O que atrai as pessoas ao Renascer/Reviver é a fome e a sede por uma alegria que não passa, porque no carnaval se vende uma alegria fácil”, pontua Moysés Azevedo, fundador da Comunidade Shalom, que organiza o evento e envia missionários a pelo menos 100 encontros destes realizados no Brasil e no mundo.

O Renascer teve sua primeira edição em 1986, em Fortaleza. A entrada é franca e não há necessidade de inscrição antecipada. No local, haverá lanchonete com cardápio variado de lanches e almoço.

*SERVIÇO*
Renascer 2020
Dara: 23, 24 e 25 de fevereiro
Local: Ginásio Paulo Sarasate – Rua Ildefonso Albano, 2050, Dionísio Torres
Entrada gratuita

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…