#audioinclui

sábado, 25 de janeiro de 2020

Suspeito de manter companheira em cárcere privado em Alcântaras é preso pela PCCE


24 DE JANEIRO DE 2020 - 18:07 # # # # #

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 24 anos suspeito de manter a companheira em cárcere privado, agredi-la e estuprá-la. Diligências conduzidas pela Delegacia Municipal de Coreaú resultaram na prisão do homem, nesta sexta-feira (24), em Alcântaras, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14).
As investigações em torno da prática criminosa do homem iniciaram em outubro do ano passado. A vítima procurou a Polícia Militar do Ceará (PMCE) e relatou os abusos que sofria do companheiro, bem como as agressões e a situação em que vivia na casa dele, em total reclusão. Conforme levantamentos policiais, os dois mantinham um relacionamento há quatro meses. Os policiais militares levaram o caso ao conhecimento da Delegacia Municipal de Coreaú, que é responsável por apurar crimes no município de Alcântaras.
De imediato, a Polícia Civil adotou todos as medidas necessárias para garantir a segurança da mulher e encaminhou o pedido dela de medidas protetivas de urgência contra o infrator ao Poder Judiciário. Assim como, relatou o inquérito policial representando pela prisão do homem, cujo mandado foi cumprido hoje.
O suspeito, que não terá a identidade revelada para preservar a identidade da vítima, foi indiciado pelos crimes de estupro, cárcere privado e lesão corporal. As penas acumuladas dos crimes podem chegar a 16 anos de prisão. O homem está à disposição da Justiça.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.