Pular para o conteúdo principal

Verão TIM celebra diversidade com show de ícones LGBTI+


Praia de Ipanema vai ficar multicolorida com apresentações de Gloria Groove e Johnny Hooker

 TIM realiza, neste sábado (01), um evento para celebrar e valorizar a diversidade e inclusão na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. O festival Verão TIM, que agita a cidade desde o início do ano, recebe em seu palco dois importantes ícones LGBTI+: Gloria Groove e Johnny Hooker. Para marcar a ocasião, a operadora irá colorir até mesmo a sua marca – as cores do arco-íris e da Bandeira do Orgulho Trans estarão no seu logo e em outras peças.
“A TIM é uma empresa que abraça a diversidade e a inclusão. Por isso, o Verão TIM tem uma programação tão variada, com nomes que simbolizam diferentes estilos e públicos. Estamos orgulhosos de contar com artistas que trazem tanta representatividade, como a Gloria e o Johnny, no line-up desse festival. Tenho certeza de que teremos uma grande celebração na praia de Ipanema e deixaremos a cidade ainda mais colorida”, explica Ana Paula Castello Branco, diretora de Advertising e Brand Management da TIM Brasil.
A marca exposta no palco estará com as cores do arco-íris, símbolo da comunidade LGBTI+. As listras multicoloridas estamparão ainda balões e os uniformes da equipe que trabalha no evento. As cores da bandeira do Orgulho Trans, data comemorada no último dia 29, também irão compor o cenário.
Homens e mulheres trans foram contratados para fazer o receptivo dos convidados do show. As apresentações começam às 17h e são gratuitas para quem quiser aproveitar o pôr do sol na praia acompanhado de muita música. O encerramento do evento conta com a roda de samba da Festa da Raça.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…