Pular para o conteúdo principal

ALE Combustíveis prevê conquistar cerca de 70 postos no Nordeste neste ano


Uma das estratégias para fortalecer a marca na região é o patrocínio à Copa do Nordeste

A ALE, quarta maior distribuidora de combustíveis do país, pretende destinar investimentos para ampliar a presença em uma das principais regiões para a companhia: o Nordeste. A empresa, que mantém sede em Natal (RN), prevê conquistar cerca de 70 novos postos na região neste ano, um crescimento de 17%. Uma das estratégias para fortalecer a marca e estreitar o relacionamento com os nordestinos teve início neste mês: o patrocínio à Copa do Nordeste, um dos principais campeonatos regionais do Brasil.

Atualmente, a companhia mantém aproximadamente 420 postos no Nordeste, a segunda maior praça em tamanho da rede revendedora, o que representa acima de 28% do total no Brasil. A ALE também é considerada uma das maiores do segmento em função da estrutura mantida na região, com escritórios e bases de armazenagem e distribuição em 14 cidades nos nove Estados que compõem o Nordeste brasileiro.

Para reforçar e ampliar a presença da companhia na região e se aproximar, ainda mais, do público nordestino, serão feitas, nos principais jogos da Copa do Nordeste, ativações e ações de relacionamento com proprietários de postos de combustíveis, além de ações promocionais nos postos de serviços na região. De acordo com o diretor de Marketing e Varejo da ALE, Diego Pires, a estratégia de patrocinar a Copa do Nordeste está integrada aos planos da ALE de ampliar a rede de postos de combustíveis e serviços na região em 2020. “O Nordeste é uma das principais áreas de atuação da ALE e nossa ‘casa’, onde a companhia nasceu e se desenvolveu para alcançarmos a abrangência nacional que temos hoje. Para este ano, estamos empenhados em crescer ainda mais na região e, por isso, o patrocínio à Copa do Nordeste é estratégico”, declara.

Investimentos em marketing esportivo
Nas últimas duas décadas, a ALE tem se destacado nacionalmente por investir em marketing esportivo com o patrocínio a grandes equipes e campeonatos no Rio Grande do Norte, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. No ano passado, a companhia reforçou esses investimentos ao firmar contratos com o time de futebol paulista Corinthians e a equipe Full Time Sports de Stock Car, que tem Rubens Barrichello como piloto. Além de grandes patrocínios nos gramados e nos autódromos, a companhia também patrocinou o Rally dos Sertões e o surfista Jadson André.

Sobre a ALE
Fundada em 1996, a ALE é a quarta maior distribuidora de combustíveis do país, com uma rede de cerca de 1,5 mil postos e 5 mil clientes ativos em 21 Estados e no Distrito Federal. A companhia gera cerca de 12 mil empregos diretos e indiretos. Para os revendedores, a companhia disponibiliza diferenciais, como o Clube ALE (relacionamento e fidelização), a parceria com a Moove para fornecimento de lubrificantes da marca Mobil, a Academia Corporativa ALE (treinamento e capacitação), o programa Ligados na Qualidade (certificação do combustível), as lojas de conveniência Entreposto (EP) e as unidades de Serviço Automotivo ALE Express.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…