Pular para o conteúdo principal

Dire Straits em Fortaleza em Abril no Rio Mar Fortaleza


No ano da inauguração do Residence Club at The Hard Rock Hotel Fortaleza, na praia da Lagoinha, a Venture Capital Investimentos (VCI), grupo responsável pela incorporação e comercialização da marca Hard Rock em Fortaleza, Ilha do Sol (Paraná), São Paulo, Natal e Recife, além de projetos em desenvolvimento com a Eurostars, promoverá pelo menos três shows internacionais no Ceará.

A banda a abrir a série será o grupo Dire Straits, que se apresentará com show comemorativo exclusivo no Nordeste da turnê Dire Straits Legacy, formada por integrantes que compuseram a banda ao longo de sua existência, no estacionamento do RioMar Shopping Papicu no próximo dia 3 de abril.

“Vamos promover outras atrações internacionais ao longo do ano como pré-lançamento do empreendimento na praia de Lagoinha, um sucesso de vendas. A expectativa é que a entrega das obras para  a Hard Rock International ocorra em dezembro desse ano com o soft open do hotel”, destaca o presidente da VCI, Samuel Sicchierolli.

Os ingressos podem ser adquiridos a partir desta segunda no site www.bilheteriadigital.com.br ou no Hard Rock Cafe, no RioMar Papicu.

Dire Straits é uma banda de rock britânica formada em 1977. Entre os sucessos, os clássicos Sultans of Swing, Money for Nothing & Walk of Life e Brothers in Arms.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…