#audioinclui

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Saúde - *IST silenciosa pode causar infertilidade, alertam especialistas*



_Para além do risco da transmissão, as Infecções Sexualmente Transmissíveis podem causar danos irreversíveis ao aparelho reprodutor tanto masculino como feminino se não tratadas de forma correta_

O carnaval está chegando e com ele o Ministério da Saúde e instituições intensificam a campanha de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Nesta época, para além destas transmissões, especialistas alertam também para os danos que elas podem causar, como, por exemplo, a infertilidade. Um desses exemplos é a clamídia.

Dados do Ministério da Saúde reportam que cerca de 90% dos homens e mais de 70% das mulheres que têm a doença, não sentem nenhuma alteração ou sintoma no corpo - por isso ela é considerada silenciosa. Segundo a OMS, a doença responde por 25% das causas de infertilidade, sendo 15% nas mulheres e 10% nos homens no mundo.

“Além da clamídia, outras ISTs como a gonorreia e o HPV, podem causar infertilidade. Elas podem alterar a produção e a movimentação de espermatozoides e provocar inflamações em útero e trompas, podendo levar a obstrução das mesmas, o que impediria completamente uma gravidez natural, além de aumentarem o risco de aborto”, destaca o especialista em reprodução assistida e diretor da Fertibaby, Daniel Diógenes.

Sobre a clamídia, o médico ressalta que muitas vezes a doença só é descoberta quando o casal vai tentar a gravidez e não consegue. “Se descoberto a tempo, o tratamento é feito com antibióticos e pode impedir a infertilidade”

Daniel ainda lembra que, além do uso de preservativos, é preciso fazer avaliações periódicas, em caso de vida sexual ativa. “Prevenir ainda é o melhor remédio”. Para garantir a proteção, mulheres podem incluir na bolsa uma camisinha feminina. Assim, a folia está garantida, e com segurança.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.