*Hapvida inova em dispositivo de proteção médica no combate à Covid-19*



Ampliação de equipamentos médicos faz parte do compromisso da empresa no combate ao novo coronavírus

Em meio às novas formas de tratamento da Covid-19, as empresas estão se reinventando para auxiliar no combater à doença. O Sistema Hapvida, que já possui tecnologia de ponta em equipamentos médicos, investe em um novo serviço para proteção médica no tratamento da nova doença viral. Em breve, o dispositivo estará presente em todos os hospitais e prontos atendimentos da rede própria do Brasil.

Trata-se de um dispositivo para entubação simples de ser feito e fornece uma proteção física entre o médico e a cabeça do paciente sem prejudicar o procedimento.

De acordo com o Superintendente Nacional da Rede Própria do Sistema Hapvida, Anderson Nascimento, esse é mais um investimento que vai trazer mais segurança para os médicos e pacientes. "Nesse momento, além das técnicas que já temos, é preciso se reinventar, buscar novas formas de manter a segurança de todos dentro dos hospitais".

Além de todo reforço diário de insumos para os hospitais do Sistema Hapvida nesse período de pandemia, este novo dispositivo médico vem para somar à corrente mundial para diminuição de casos de Covid-19.

 O dispositivo não é EPI, é apenas um dispositivo de proteção a mais para os médicos..Não entra em contato com o paciente
Por isso não necessita de aprovação da Anvisa.

*Sobre o Sistema Hapvida*
Com mais de 6 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como o maior sistema de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, América, Promed e Ame, RN Saúde, além da operadora Hapvida. Atua com mais de 30 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais 14 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 42 hospitais, 160 clínicas médicas, 42 prontos atendimentos, 126 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça