Pular para o conteúdo principal

Pessoas em situação de rua recebem kit de higiene



Serão entregues 200 kits no Centro Pop na próxima terça-feira (16)

É com objetivo de ajudar na prevenção contra o coronavírus que a UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Fortaleza realiza, no dia 16 de junho, a entrega de 200 kits de higiene pessoal para pessoas em situação de rua. A iniciativa é do curso de Odontologia e visa beneficiar pessoas acolhidas pelo Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), da Prefeitura de Fortaleza.

Os kits foram organizados pela coordenação do curso de Odontologia da UNINASSAU e contém escova de dente, creme dental e sabonete. O Centro Pop foi escolhido para a ação por ser referência para que qualquer pessoa em situação de rua possa receber orientações, atividades socioeducativas e realizar sua higiene pessoal.  

Segundo o reitor da UNINASSAU Fortaleza, Marcus Ponte, a Instituição está realizando uma série de ações para ajudar a minimizar os impactos do coronavírus. “Sabemos que manter a higiene pessoal é fundamental para prevenção da doença. Nosso intuito é ajudar pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social, para que elas também possam se proteger contra o vírus. Além disso, reforçar nosso compromisso com a responsabilidade social e sociedade”, disse.

A entrega será feita a partir das 09h, na Rua Jaime Benévolo, nº 1059, bairro José Bonifácio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…