Pular para o conteúdo principal

Solidariedade e música: Grupo QDS agita live beneficente


Neste domingo, 28 de Junho, o grupo cearense realiza em prol da Associação Anjo Rafael, que ajuda crianças carentes, um show virtual que contará com um repertório especialmente preparado para a ocasião. Por meio de um QR Code disponibilizado na tela, os espectadores poderão fazer a doação e curtir um bom pagode. Músicas de diversos estilos e com a personalidade da banda, agitarão o público de casa. O evento será transmitido ao vivo pelo canal oficial do grupo e está marcado para iniciar às 16h e contemplar o pôr do sol.

O Grupo QDS nasceu em Fortaleza há mais de 4 anos, formado por 6 amigos que saíram conquistando o espaço na capital. Hoje, são o grupo de pagode do nordeste mais ouvido no Spotify.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…