Startup aposta no entretenimento para acelerar fluência em inglês



Recém-lançado, FluenFlix oferece cerca de 400 vídeos com quizzes, aulas e lives para medir o aprendizado em modelo de assinaturas a partir de R$ 29,90 por mês

Enquanto alegam não ter tempo para estudar inglês milhares de brasileiros investem muitas horas de seus dias assistindo filmes e séries. Considerando esta aparente contradição, e ao mesmo tempo reconhecendo o poder do entretenimento sobre a formalidade, surge o FluenFlix, um novo método de ensinar inglês baseado numa plataforma de streaming que oferece filmes e séries em forma de aulas para acelerar a fluência.

Criada por meio de uma parceria entre o brasileiro Talis Zanzi e o americano Kevin Porter, que aprendeu a falar português assistindo novelas e se tornou um dos professores de inglês para brasileiros de maior sucesso no Youtube, com 450 mil inscritos, a plataforma FluenFlix funciona no modelo de recorrência. Com os primeiros sete dias gratuitos em todos os planos, os pacotes têm preços a partir de R$ 29,90 (modalidade Prata) por mês e dão acesso a 397 vídeos entre filmes e séries, totalmente voltados ao entretenimento. Além disso são disponibilizados quizzes, aulas e lives semanais para acompanhar e estimular o aprendizado da língua. As outras opções são as modalidades Ouro (R$39,90) e Diamante (R$49,90), sendo que o aluno pode manter a assinatura pelo tempo que quiser.

“O diferencial da Fluenflix está no entretenimento, na experiência e na imersão em conteúdos nativos. Ela faz com que o aluno aprenda através da diversão, em vez de forçá-lo a fazer mais estudos maçantes e pouco interessantes”, diz Porter.

Além do formato das aulas em filmes e séries, o criador da iniciativa explica que outro foco da startup é diminuir a barreira de entrada para o ensino de inglês. Segundo ele, a FluenFlix é um movimento para fazer com que as pessoas não tenham mais amarras contratuais como parcelas caras que as deixem com medo de começar a aprender. “Queremos dar liberdade ao aluno, respeitando seu livre arbítrio de poder escolher em vez de se sentir forçado por qualquer motivo. Queremos que o inglês seja divertido e viciante ao invés de maçante, cansativo e forçado”, diz.

A expectativa da FluenFlix é de alcançar 50 mil assinantes até o final do primeiro ano de operação e faturar cerca de R$ 2 milhões por mês. A plataforma planeja ainda lançar o curso de espanhol para brasileiros no mesmo conceito e na sequência levar o projeto para outros países.

Ao falar sobre os planos de expansão, Kevin Porter ressalta que o sucesso da operação tem inspiração em sua própria trajetória no aprendizado de línguas. Ele conta que havia feito vários cursos por anos sem obter resultados satisfatórios até que decidiu fazer um “jejum” de televisão em inglês para aprender português.

“Fiquei assistindo novelas brasileiras (pois não tinha Netflix na época) todos os dias enquanto estudava dicas e vocabulário. Isso me permitiu aprender em quatro meses”, diz lembrando que depois desse processo também aprendeu espanhol e dinamarquês em um espaço muito curto de tempo.

Mais informações podem ser obtidas em: https://lp.fluenflix.com/inscricao/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça