Pular para o conteúdo principal

Polícia Civil prende 15 pessoas em operação contra organização criminosa envolvida com tráfico de drogas na Capital

Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) mobilizou cerca de 150 policiais civis, nesta terça-feira (28), para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva relativos à Operação Sharing. O objetivo da ofensiva policial é desarticular uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas em diversos bairros da Capital. Ao todo, 15 pessoas foram presas pelas equipes policiais. A operação é fruto de informações compartilhadas entre a Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) e o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os detalhes da ação policial foram divulgados em coletiva de imprensa, na manhã de hoje, na sede da DCTD, no bairro de Fátima.
Nas primeiras horas do dia, os policiais civis capturaram 15 pessoas com mandados de prisão preventiva expedidos pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas. Um dos alvos presos hoje foi flagrado com 12 comprimidos de ecstasy, no bairro Coaçu (AIS 3). Isaac Gomes Viana (28), com antecedentes criminais por tráfico e associação para o tráfico de drogas, foi preso em flagrante na Comunidade Pôr do Sol, com os comprimidos de droga sintética, um automóvel, celulares e uma quantia em dinheiro. O auto de prisão em flagrante por tráfico de drogas em desfavor dele foi lavrado na sede da DCTD.
Os alvos presos suspeitos de pertencerem à organização criminosa são: Francisco Alderi Alves Rodrigues (49), com passagens por atentado violento ao pudor, favorecimento pessoal e associação criminosa; Pedro Victor Bras Veras (24), com antecedentes por tráfico de drogas; Maxsuelmo Almeida Mota (25), com antecedentes por porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa, resistência, desobediência, desacato e corrupção de menores; Bruno Araujo de Oliveira (22), com uma passagem por crime de trânsito; Rayan de Jesus Oliveira da Silva (19), com passagem por tráfico de drogas; Francisco Wellington Sousa (25), com passagens por receptação, uso de documento falso e desobediência; Cicero Gonçalves Marinho (40), com antecedente por lesão corporal.
Outros sete alvos, que não tinham nenhuma passagem pela Polícia, também foram capturados durante a operação de hoje. São eles: Manoel Wlaubeson Pereira Barros (20), Marlio dos Santos da Silva (40), Francisco Matheus Juvenal (21), Rosiane Cunha de Sousa (40), Germania Saraiva Lemos (33), Erica Karine da Silva Feitosa (19) e Renato de Lacerda Vital (35).

Investigação

A Operação Sharing, termo derivado do inglês que significa “compartilhamento”, é resultado da troca de informações entre as inteligências da DCTD e o DHPP. As apurações foram aprofundadas com o foco em desarticular um grupo criminoso que atua em negociações de entorpecentes em bairros da Área Integrada de Segurança 3 e 7 (AIS 3 e 7), como Messejana, Paupina, Lagoa Redonda, Edson Queiroz e Dias Macedo. No desenrolar da investigação conduzida pela DCTD, entre fevereiro e junho de 2019, outras nove pessoas que são investigadas por participarem da organização criminosa já haviam sido presas em flagrante, bem como 8 kg de drogas e um revólver também haviam sido apreendidos com suspeitos.
A DCTD já havia prendido nove pessoas no curso das apurações. São elas: Eduarda Sousa de Paula (20), com passagens por estelionato e tráfico de drogas; Sâmya Santiago de Lima (22), com passagens por estelionato e tráfico de drogas; Lucas Carvalho Viana de Sousa (23), com passagens por tráfico de drogas; Maria Antonia Carneiro da Silva (41), com passagens por tráfico e associação para o tráfico de drogas; Francisca Alice Sousa da Silva (22, com passagens por tráfico e associação para o tráfico de drogas; Laryssa de Moraes Barbosa (24), com passagens por tráfico e associação para o tráfico de drogas; Wesley Zeferino Costa (29), com passagens por tráfico e associação para o tráfico de drogas; Islenon Silva Lima (26), com passagens por associação e colaboração para o tráfico de drogas; e Thalys Almeida Venancio (20), lesão corporal contra agente da segurança pública, resistência, posse irregular de arma de fogo e tráfico de drogas.

Efetivo empregado

O Departamento Técnico Operacional (DTO) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) coordenou as equipes policiais dos departamentos de Polícia Judiciária Especializada (DPJE), da Capital (DPJC), Metropolitana (DPJM) do Interior Sul (DPJI Sul), de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Recuperação de Ativos (DRA) e Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) para dar cumprimento aos mandados de busca e apreensão e de prisão da Operação Sharing.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…