Pular para o conteúdo principal

Projeto Macarrão Amigo vai beneficiar moradores do Titanzinho nesta quarta-feira, 29/07



Projeto Macarrão Amigo vai beneficiar moradores do Titanzinho nesta quarta-feira, 29/07

Duzentos moradores do Titanzinho terão um almoço mais do que especial nesta quarta-feira, 29/07. Eles vão receber as quentinhas do projeto Macarrão Amigo. Semanalmente, comunidades carentes são agraciadas com o projeto, que reúne chefs renomados e voluntários para o preparo das alimentações e a distribuição posterior. Nesta quarta, haverá um almoço no La Maison com representantes do Instituto Povo do Mar e integrantes do Basquete Cearense às 11h. Já às 15h, haverá a distribuição das quentinhas no Titanzinho.

O projeto Macarrão Amigo  acontece há mais de dois meses e já distribuiu alimentação e carinho para centenas de pessoas da Capital.  A ação foi idealizada por Freitas Júnior, Izabela Fiúza, Lídia Oliveira, Carlos Gama e Wlad Ponte, tem o apoio de patrocinadores como o Grupo M. Dias Branco e a divulgação de personalidades de destaque nacional, como o estilista Lino Villaventura, a cantora Simone e o humorista Tirullipa.
Confira alguns dos chefs integrantes do projeto: Ana Negona, Élcio Nagano, Alain Tortosa, Fábio Leite, Felipe Viana, Freitas Júnior, Izabela Fiúza, Anna Paula Rezende, Edilberto Costa, Andrea Antonnucci, Léo Gondim, Maria Anne Bauer e Wladimir Medeiros.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…