Pular para o conteúdo principal

PMCE fecha festa em hotel no Cumbuco e Polícia Civil autua responsável pelo evento

O responsável por uma festa na Praia do Cumbuco, em Caucaia, foi detido pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), na manhã deste domingo (2). A ocorrência iniciou após equipes do Comando de Policiamento de Choque (CPChoque) da PMCE serem acionadas via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) acerca de um evento com aglomeração de pessoas e som alto, em um hotel da região.


Foram empregadas equipes do Comando Tático Motorizado (Cotam) e do Controle de Distúrbios Civis (CDC), que se deslocaram até o local para checar a denúncia, na Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) do Ceará. Chegando lá, os militares visualizaram várias pessoas sem máscaras faciais. O proprietário da festa, de 27 anos, se apresentou às composições e foi conduzido à sede da Delegacia Metropolitana de Caucaia da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), onde foi autuado em um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por perturbação do sossego alheio e por infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Eventos com aglomerações como o verificado ainda não estão liberados para ocorrer. As investigações serão conduzidas ao 31° Distrito Policial (DP), unidade responsável pela região onde ocorreu o fato.

Denúncias
A população pode ajudar nas ações de combate ao novo coronavírus no Estado. Além de cumprir as medidas de isolamento, as pessoas podem denunciar condutas que desrespeitem os decretos governamentais. As informações podem ser repassadas ao número 190 da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). O sigilo é garantido.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…