Pular para o conteúdo principal

Secretaria da Educação do Estado do Ceará começa a avaliar as competências digitais de seus 12 mil professores


O objetivo da rede estadual é desenhar programas de formação continuada sob medida para os desafios que surgiram com a pandemia. A iniciativa tem a parceria do Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB)

 

Mesmo antes da pandemia, a rede estadual de educação do Ceará já trabalhava com plataformas online de aprendizagem e muitos de seus professores tinham o hábito de usar equipamentos e recursos educacionais digitais em suas aulas. Apesar dessa experiência, a Secretaria da Educação do Estado do Ceará sentiu o impacto da suspensão das aulas presenciais.

 

“Foi preciso montar uma força-tarefa para garantir que os 423 mil alunos matriculados em nossas 728 escolas continuassem estudando de suas casas. Esse esforço demandou muito aprendizado da parte dos professores e reforçou a necessidade de investirmos em programas de formação voltados ao desenvolvimento de competências digitais. Os docentes precisam aprender a utilizar com mais segurança as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC)”, conta Vagna Brito de Lima, coordenadora de Formação Docente e Educação a Distância da Seduc-CE.

 

Contudo, antes de desenvolver novos programas de formação continuada, a Seduc-CE quer entender exatamente como estão seus professores em relação a essas competências. Para isso, a rede estabeleceu uma parceria com o Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB) e adotou a Autoavaliação de Competências Digitais de Professores, uma ferramenta online e gratuita desenvolvida pela organização para identificar os saberes e as capacidades que precisam ser estimuladas nos professores das redes públicas de ensino.

 

Desde o dia 30 de julho, todo o corpo docente da rede estadual cearense – em torno de 12 mil professores –pode acessar a plataforma e responder ao questionário. Ao todo, há 23 perguntas de múltipla escolha sobre o uso de tecnologias nas áreas pedagógica, de cidadania digital e de desenvolvimento profissional.

 

A participação leva de 30 a 40 minutos e, ao final, gera um relatório individual para os professores entenderem como estão suas competências digitais (de um total de 12 avaliadas). “A Autoavaliação desperta nos docentes uma reflexão sobre suas trajetórias de formação e de desenvolvimento profissional e estimula uma postura mais autônoma nessas frentes. Com base nas indicações do relatório, eles entendem claramente quais competências estão bem desenvolvidas e quais ainda precisam ser trabalhadas”, explica Gabriela Gambi, gerente-executiva do CIEB.

 

“Já a rede de ensino terá acesso a uma devolutiva com dados agregados sobre os professores. Esse mapeamento tem um grande valor, pois permite à secretaria desenvolver programas de formação sob medida, tornando as ações mais eficazes e interessantes para os próprios docentes. A ferramenta traz para as ações de planejamento uma visão muito estratégica”, complementa Gambi.

 

Ações coordenadas

Além de utilizar a ferramenta Autoavaliação de Competências Digitais de Professores, a Seduc-CE está realizando a pesquisa online “Os saberes docentes no ensino remoto emergencial: experiências no estado do Ceará”.

 

O objetivo do levantamento é apurar as condições de acesso dos professores a equipamentos e conectividade, como eles avaliam a experiência com os recursos educacionais digitais adotados, se eles têm interesse em programas de formação voltados ao desenvolvimento de competências digitais, entre outras questões.

 

A nossa expectativa com esse conjunto de ações é proporcionar uma oferta formativa condizente com as necessidades dos professores e da rede, bem como possibilitar o desenvolvimento de competências digitais necessárias para alcançarmos uma educação de qualidade, equânime e inclusiva”, informa Lima.

Os professores têm até 31 de agosto para responder a Autoavaliação. Para acessar, clique aqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas