Pular para o conteúdo principal

SSPDS deflagra operação de combate ao crime no residencial Cidade Jardim 2 em Fortaleza

 Com o objetivo de coibir a atuação de grupos criminosos no condomínio habitacional Cidade Jardim 2, no bairro Conjunto José Walter, em Fortaleza, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio da Coordenadoria Integrada de Planejamento Operacional (Copol), deflagrou uma operação que contou com a participação das instituições vinculadas e também de forças amigas estaduais e municipais nesta quinta-feira (1°). Uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS sobrevoo toda a região durante os trabalhos nos blocos que compõem a habitação coletiva. Uma rinha de galo foi descoberta em um dos imóveis.

Foram empregadas equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). “O intuito da operação é combater a criminalidade aqui dentro do Conjunto Cidade Jardim ll. Nosso foco é evitar crimes como homicídios, roubos e outros tipos de delitos. Estamos agindo por todos, buscando ajudar todas as famílias que aqui residem”, destaca a delegada Socorro Portela, coordenadora de Planejamento Operacional da SSPDS.

Além das forças de segurança, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) atuaram com a utilização de tratores e caminhões na derrubada de muros e retirada de grades irregulares nos imóveis. Conforme trabalho de inteligência, algumas dessas estruturas são financiadas por grupos criminosos com a intenção de dificultar o trabalho das forças de segurança e a disponibilização de serviços à população.

“Em toda ocorrência de emergência, seja policial ou que necessite a presença dos bombeiros, por exemplo, os agentes de segurança estavam tendo dificuldade para conseguir entrar nos imóveis. E esse tempo perdido para realizarmos a ação pode significar muito para uma vida. É o caso de uma ocorrência recente em que um incêndio ocorreu aqui na comunidade e os bombeiros militares tiveram a chegada ao local dificultada. A Polícia Militar do Ceará está aqui como uma instituição de apoio para aqueles órgãos fiscalizadores, nesse caso, a Agefis. Ela identifica aquelas edificações que não foram entregues na sua originalidade, ou seja, faz uma varanda, uma extensão de esquina, tudo isso faz parte da mudança”, explicou o tenente coronel PM Naerton Gomes, comandante do 2º Batalhão do Comando de Polícia de Choque (CPChoque) da PMCE.

Trabalho ostensivo

Tanto a Polícia Militar do Ceará quanto a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) utilizaram de cães farejadores visando identificar a presença de armas e drogas no conjunto habitacional. Assim como tem sido feito nas operações integradas das forças de segurança, os policiais penais também realizaram um trabalho de acompanhamento de pessoas tornozeladas que residem no local. Profissionais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) também integraram o efetivo da operação.

“Não só hoje, mas aqui é uma unidade onde existe a presença permanente da Polícia Militar através das nossas bases (Proteger) e, diuturnamente, há o patrulhamento desta área. Hoje, especificamente, está acontecendo essa operação conjunta, onde várias frentes de trabalho estão aproveitando o momento. Temos a Secretaria de Administração Penitenciária, que está fazendo a fiscalização dos tornozelados, se estão em situação regular ou irregular. Temos também os cães de faro realizando as buscas de armas, drogas e munições, bem como uma companhia elétrica que está desligando algumas ligações irregulares de energia”, destacou o tenente coronel Naerton.

Rinha de galo

Trinta galos que seriam utilizados em rinhas foram encontrados dentro de um dos imóveis do Cidade Jardim 2, durante a operação. A ação criminosa foi descoberta por composições do CPChoque e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) da PMCE. Durante as diligências, os policiais militares avistaram os animais que estavam em aparente situação de maus-tratos dentro de um dos apartamentos. Além dos animais, foram encontrados vários apetrechos utilizados na prática criminosa, como seringas, medicamentos e outros materiais. Um dos suspeitos identificados negou a realização desse tipo de crime, mas dentro do imóvel foi encontrado um ringue de alvenaria.

Dois homens, ambos de 49 anos, suspeitos de serem os proprietários do local foram conduzidos à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) da Polícia Civil do Estado do Ceará onde um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por crime ambiental foi lavrado. Um dos homens já responde criminalmente por furto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada.Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas