Pular para o conteúdo principal

Polícia Civil apreende 143,5 mil maços de cigarros de origem estrangeira em Itarema

 Uma operação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na apreensão de 143,5 mil maços de cigarros de origem estrangeira e com venda proibida no Brasil no município de Itarema, na Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17). A carga ilegal estava acondicionada em uma embarcação atracada na Ilha do Guajiru. A apreensão do material foi feita por equipes da Delegacia Municipal de Itarema, com apoio da Delegacia Municipal de Bela Cruz, da Delegacia de Narcóticos (Denarc) e do Departamento de Inteligência Policial (DIP), no último sábado (5). Dois caminhões que seriam utilizados para fazer o transporte terrestre dos cigarros também foram apreendidos.

Na manhã desta segunda-feira (7), os resultados da ação policial foram divulgados em coletiva de imprensa na sede geral da Superintendência de Polícia Civil, em Fortaleza. Durante a coletiva, o delegado geral da instituição, Marcus Rattacaso, ressaltou a importância da ação desenvolvida no sábado. “Gostaria de ressaltar que operações dessa natureza são muito importante. Para que possamos ter uma ideia, só com essa apreensão em concreto, se a Secretaria da Fazenda do Estado, com base nos índices da Receita Federal, fosse tributar esse material, ela teria perdido em torno de R$ 215 mil em impostos”, disse Marcus Rattacaso.

O delegado Júlio Chiarini, da delegacia regional de Acaraú, explicou que a operação é resultado de uma investigação desenvolvida na região. “Observamos a movimentação de um barco, o que gerou uma suspeita. Então percebemos que ali estava acontecendo algo que não era tão comum. De sexta para sábado, após um trabalho de investigação com apoio, fizemos campana no local. Na abordagem, assim que o barco chegou ao litoral, conseguindo apreender dois caminhões e o material escondido dentro do barco”, explicou o delegado.

Ofensiva policial

Policiais civis de Itarema receberam denúncias sobre a existência de uma embarcação que ficava em um local isolado no cais da Ilha de Guajiru e que seria utilizada para transportar cargas no período noturno e trabalharam as informações para montar a ofensiva policial. Com ajuda do efetivo da Municipal de Bela Cruz e da Delegacia de Narcóticos (Denarc), os agentes se deslocaram para o local, no fim da noite da sexta-feira (4), para acompanhar a movimentação suspeita no cais.

O relógio marcava 0h30min quando os policiais civis notaram a chegada de homens em dois caminhões indo em direção ao barco carregado com caixas de papelão. Os suspeitos perceberam a presença dos policiais, iniciando um confronto e atirando no sentido dos agentes. O grupo armado suspeito se dispersou pela mata, mas dois adultos e um adolescente de 16 anos permaneceram lá. Eles estavam num dos caminhões que seria usado para fazer o transporte da carga. O trio foi encaminhado para prestar depoimento na Delegacia Regional de Acaraú.

Dentro da embarcação alvo das investigações, os policiais civis encontraram 287 caixas, contendo 50 pacotes de cigarros com 10 maços cada. A carga não tinha identificação ou quaisquer documentos que comprovassem a origem legal do material. Os agentes levaram os produtos para a unidade policial, bem como os dois caminhões que estavam na ocorrência. Após conferência dos produtos, os cigarros e os dois veículos foram entregues à Superintendência da Polícia Federal no Ceará, que dará prosseguimento às apurações, em razão do delito de contrabando ser de apuração da instituição, por se tratar de crime contra a União.

Os três conduzidos para a delegacia negaram qualquer participação no crime federal e alegaram que haviam sido contratados para fazer frete de uma suposta mudança de uma pousada em Itarema. Como não foram verificadas evidências suficientes para lavrar o flagrante, os investigados foram ouvidos e liberados.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido.