Pular para o conteúdo principal

MPCE firma acordo com Vigilância Sanitária, Agência de Fiscalização de Fortaleza e mais duas Instituições de Longa Permanência para Idosos

 O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da 15ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, celebrou, nessa terça-feira (19/01), dois Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) com Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) de Fortaleza. Um dos acordos foi firmado com a ILPI Terça da Serra Residencial Sênior, com a Célula de Vigilância Sanitária do Município de Fortaleza (Cevisa) e com a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), a fim de adequar normas de funcionamento, e o outro acordo foi estabelecido com a ILPI Lar Martins, com o objetivo de realizar a inscrição no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa. 

ILPI Terça da Serra Residencial 

O TAC firmado com a ILPI Terça da Serra Residencial, com a Vigilância Sanitária e a Agefis tem como finalidade garantir que, em até 90 dias, a Instituição de Longa Permanência se adeque às normas constantes na Resolução da Diretoria Colegiada nº 283/2005 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que define normas de funcionamento para as ILPIs. Também caberá à instituição apresentar à 15ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, no prazo de 90 dias, a Licença Sanitária, devendo realizar ainda a renovação dos licenciamentos e inscrição no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI), caso se expirem os prazos no decorrer do procedimento de fiscalização. 

Com a assinatura do documento, a Vigilância Sanitária comprometeu-se a conceder prioridade na tramitação da análise do pedido da Licença Sanitária e da respectiva expedição do certificado à ILPI. Já a Agefis deverá dar prioridade ao pedido de registro sanitário formulado pela instituição, devendo adotar as providências necessárias para agilizar a fiscalização no lar, remetendo o respectivo processo com conclusões à Célula de Vigilância Sanitária de Fortaleza para os devidos fins legais.  

A Agefis só realizará fiscalização na instituição após os residentes da ILPI receberem a segunda dose da vacina contra a Covid-19. É de responsabilidade da instituição realizar a comunicação da vacinação à Agefis, no prazo máximo de 24 horas após o término do processo de vacinação dos idosos. 

ILPI Lar Martins 

Com a ILPI Lar Martins, foi acordado que a instituição deve, no prazo de 60 dias, fazer a inscrição no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, bem como realizar a renovação dos licenciamentos que porventura expirarem o prazo no decorrer do procedimento. Além disso, o Lar Martins deve comunicar à 15ª Promotoria de Justiça sobre a emissão pelos órgãos competentes de qualquer documento requisitado no TAC. 

O descumprimento de qualquer cláusula do TAC por parte das instituições acarretará multa de R$ 500, por cada dia de atraso, sem prejuízo da adoção das medidas pertinentes previstas no artigo 55 do Estatuto do Idoso, a Lei nº 10.741/2003. 

Acordos firmados 

Com os dois termos firmados, a 15ª Promotoria de Justiça de Fortaleza atinge a marca de dez TACs celebrados com Instituições de Longa Permanência para Idosos. Confira os acordos firmados na relação a seguir: 

1 – Liga Evangélica Érico Mota – 30/11/2020; 

2 – Recanto Sagrado Coração – 09/12/2020; 

3 – São Vicente de Paulo – 14/12/2020; 

4 – Espaço de Bem Estar do Idoso – 16/12/2020; 

5 – Santa Terezinha de Lisieux – 16/12/2020; 

6 – Lar Santa Bárbara – 12/01/2021; 

7 – Fraternidade de Aliança Toca de Assis (Feminina)– 14/01/2021; 

8 – Fraternidade de Aliança Toca de Assis (Masculina)– 14/01/2021; 

9 – Terça da Serra Residencial Sênior – 19/01/2021; 

10 – Lar Martins – 19/01/2021. 

Confira o Termo de Ajustamento de Conduta com ILPI Terça da Serra Residencial

Confira o Termo de Ajustamento de Conduta com ILPI Lar Martins     

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido.