Pular para o conteúdo principal

Polícia prende segundo suspeito de latrocínio contra motorista de aplicativo em Fortaleza

 Um trabalho continuado coordenado por equipes do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou, na manhã desta segunda-feira (18), na prisão do segundo homem envolvido na morte de um motorista de aplicativo, ocorrido no dia 29 de outubro do ano passado. O suspeito foi capturado em Caucaia – Área Integrada de Segurança 11(AIS 11) do Estado, após o cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

Alessandro Assunção de Sousa (19), que já responde por homicídio, é investigado por participar do latrocínio que vitimou Jares Rodrigues da Silva (54), motorista de aplicativo que foi assinado em outubro de 2020, no bairro Cajazeiras. Alessandro, que foi capturado na manhã de hoje, confessou em depoimento que foi o responsável por atirar contra a vítima, que veio a óbito no momento em que tentou fugir da ação criminosa.

Relembre o caso

Segundo os levantamentos do DHPP, no dia 29 de outubro, os suspeitos renderam o motorista na Avenida Geógrafo Antônio Ribeiro Zaranza, no bairro Cajazeiras, na Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) de Fortaleza. O trio mandou a vítima sair do carro e abrir o bagageiro para que fosse mantida no compartimento. Durante a ação criminosa, o motorista tentou fugir e foi alvejado por um dos suspeitos que estava armado. Após o disparo, os suspeitos fugiram da cena do crime, abandonando a vítima baleada e sem conseguir levar nenhum bem do motorista.

Outras prisões

No dia 22 de dezembro do ano passado, os policiais civis da 7ª Delegacia do DHPP, unidade responsável pelo caso, identificaram e prenderam o primeiro suspeito de cometer o crime. O homem foi identificado por Francisco Renan Bandeira Alves (21), com duas passagens anteriores por tráfico e associação para o tráfico de drogas. No momento da prisão, ele estava num imóvel, no bairro Cajazeiras, junto com Leone Silva Cavalcante (26), com três anotações por roubos e uma por lesão corporal no contexto de violência doméstica e familiar. Ele também já foi autuado por dano, ameaça, associação criminosa e corrupção de menores. Na casa onde a dupla foi encontrada, os policiais civis apreenderam 117 trouxinhas de maconha e objetos utilizados para o comércio de entorpecentes, além de uma quantia em dinheiro. Tanto Renan quanto Leone foram autuados em flagrante por tráfico de drogas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.