Pular para o conteúdo principal

“Informação é a principal aliada no tratamento de doenças neurológicas”, afirma especialista


Conheça os sintomas e possíveis tratamentos para AVC e dores de cabeça


AVC e dores de cabeça são apenas duas dentre as muitas doenças que afetam o sistema neurológico, mas servem de exemplo para reforçar que a informação correta é a principal aliada no tratamento adequado de cada uma delas. Lucas Silvestre, Coordenador Médico do Serviço de Neurologia do Hospital São Camilo Fortaleza, afirma que um ponto de partida importante é reconhecer sintomas que vão determinar se o atendimento do paciente será de emergência  ou eletivo. 


“Se o paciente apresenta um sintoma novo, está passando mal, deve buscar a emergência. Se observa que pode esperar um pouco, para ter um acompanhamento mais prolongado, deve agendar uma consulta”, explica. 


No caso do AVC, quanto mais rápido o atendimento, mais chances o paciente tem de sobreviver e de evitar sequelas. Alguns fatores de risco para o acidente vascular cerebral, segundo Silvestre, são: fator genético e fator de idade, que não são passíveis de prevenção; e outros, que podem ser evitados ou controlados, como hipertensão, diabetes, tabagismo, arritmia cardíaca, sedentarismo. “Tudo isso pode ser prevenido, mas não com solução mágica. Envolve um estilo de vida saudável, que requer disciplina e trabalho, um processo contínuo”, alerta. 


E para agir rápido é preciso conhecer os sinais de alerta para o AVC, como perda de força em um dos braços, dormência em um dos lados do corpo e fala afetada. “A primeira coisa a saber sobre o AVC é que o sintoma é súbito. Importante que todos conheçam os sintomas, pois é uma informação de utilidade pública, para poder ajudar a socorrer alguém que necessite”, diz o neurologista. 


Já em relação às dores de cabeça, Lucas Silvestre explica que há mais de 100 tipos delas, e cerca de 95% dos casos são benignos. No entanto, vale conhecer os principais sinais de alarme: dor de cabeça súbita ou a chamada “cefaleia em trovoada”, que já inicia muito forte; dor de cabeça refratária, que não passa mesmo após a medicação; dor acompanhada de outros sintomas neurológicos, como sonolência ou dormência. 


“Dentre as dores de cabeça, eu diria que a enxaqueca tem nome e sobrenome. Em geral tem forte componente genético, barulho e luminosidade incomodam, pode ser associada a enjoo. Mas a mensagem final da enxaqueca, que não tem cura, mas tem tratamento, é que o tratamento é individualizado”, esclarece. 


Linha do Cuidado Neurológico

Em qualquer que seja a doença neurológica, um alerta válido feito pelo médico é quanto à automedicação, não aconselhada. Buscar atendimento médico especializado é o melhor caminho para encontrar o diagnóstico preciso e iniciar o tratamento correto. 


Conhecendo os vários tipos de doenças relacionadas ao sistema neurológico, o Hospital São Camilo Fortaleza lançou neste ano a Linha do Cuidado Neurológico, que conta com: 


- Pronto Atendimento em Neurologia, das 7h às 19h, de segunda a sexta. 


- Clínicos e neurologistas nas visitas aos leitos do paciente


- Equipe de Neurocirurgia 24h


- Hemodinâmica 24h


- Apoio do Serviço de Diagnóstico Por Imagem


- Consultas eletivas no Centro de Especialidades Médicas São Camilo.  


Mais informações pelo telefone: 3464-7000. 


“A Linha do Cuidado ao doente neurológico, que é o cuidado total a este paciente, funciona com fluxos e protocolos, para que o paciente tenha seu problema resolvido dentro da neurologia e neurocirurgia do hospital. Com atendimento humanizado a completo, a intenção é que seja possível resolver o problema do paciente dentro da unidade”, finaliza Lucas Silvestre. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que