Pular para o conteúdo principal

Angola Cables atinge 1.2 Terabits de tráfego de dados no Brasil

 

Tráfego de dados dos POPs da multinacional angolana batem recorde inédito consolidando-se no mercado nacional

 

A Angola Cables, provedor multinacional de soluções de conectividade, atingiu 1.2 Terabits de tráfego de dados no Brasil no início do mês de março, o que representa um aumento de aproximadamente 100% nos últimos seis meses. Tal registro coincide com o crescimento do tráfego em todo o país no mesmo período, o que demostra a necessidade de se buscar rotas eficientes. Atualmente, na rede da empresa, a latência do trecho Fortaleza - São Paulo é de 45ms, Fortaleza - Miami 65ms e Miami - São Paulo 104 ms. A latência de Fortaleza - Luanda é de 63ms, considerada a menor do mercado.

 

Por meio dos cabos SACS e WACS, a Angola Cables oferece uma rota alternativa de conexão do Brasil com a Europa sem a necessidade de passar pelos Estados Unidos, embora essa opção também seja possível através do cabo Monet. Possuir rotas com capacidade e pontos de conexão colaboram para que se tenha uma menor latência.

 

Fatores principais

  • A Angola Cables tem mais de 4500 acordos de peering em todo o mundo e mais de 20 pontos de presença na Angola, África do Sul, Nigéria, Ghana, Portugal, Inglaterra, Espanha, França, Alemanha, Brasil e EUA.
  • #35 no Top Mundial AS Rank Internet Providers da CAIDA.
  • Apoia o desenvolvimento do setor de Telecomunicações na região do Atlântico Sul e cobertura multicontinental.
  • Habilitação de negócios digitais por meio do sistema de cabos submarinos.
  • Rede confiável de baixa latência.
  • Capilaridade na rede e de assistência aos clientes com aquisição de provedores de última milha.
  • Rotas digitais e segurança na conectividade escalável à nível mundial.
  • Presença em todos os Continentes.

 

Panorama dos executivos

  • "O aumento do tráfego é o reconhecimento dos clientes do compromisso que temos com a qualidade de nossos serviços para que eles estejam sempre conectados. Além disso, nossa rede é totalmente redundante para as principais rotas por meio de nossos cabos proprietários SACS, WACS e Monet (os 2 últimos em consórcio)."

Diretor Técnico da Angola Cables, Cláudio Florindo.

 

Sobre a Angola Cables

A Angola Cables é uma multinacional de IT Solutions focada na venda de soluções para infraestruturas de data center, venda de conectividade, serviços Cloud para IP providers e ISPs para o setor corporativo com necessidades de serviços e conexões digitais. Atualmente, opera os sistemas de cabos SACS, Monet e WACS, gere dois centros de dados e duas estações de cabos submarinos, o AngoNAP Fortaleza, AngoNAP Luanda, CLS Sangano e CLS Monet, e faz a gestão do Angonix, um Internet Exchange Point que está entre os cinco maiores de África. Por meio de sua rede, a companhia conecta diretamente a África, Europa e as Américas, além de ter parcerias estabelecidas para se conectar à Ásia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!