Pular para o conteúdo principal

Instituto Aço Cearense doa recursos para beneficiar saúde pública e alimentação de famílias carentes

 


A pandemia do coronavírus entrou para a história como uma das maiores crises da humanidade. Diante do cenário em que o mundo vem passando, a iniciativa privada tem dado grandes passos para atenuar os impactos dessa crise. Em solidariedade às pessoas que sofrem com a propagação da Covid-19, o Instituto Aço Cearense do Grupo Aço Cearense realizou a doação de insumos hospitalares para a rede de saúde de Fortaleza e cestas básicas para famílias carentes.

 

A instituição fez a doação de respiradores (ventiladores pulmonares - adulto, pediátrico e neonatal) e realizou a locação de estruturas para a montagem de unidades do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e para a climatização do local. Além disso, o Instituto se mobilizou e doou 2 mil cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social de Fortaleza, Caucaia e São Gonçalo do Amarante e enviou outras 2 mil cestas para uma ação conjunta com a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

 

Para a presidente do Instituto Aço Cearense, Rosemeire Matos, essas doações fazem parte de um movimento que a instituição encara como essencial. “Levar ajuda e um pouco de alívio para as pessoas que estão sendo diretamente impactadas pela pandemia é um dever social. O Grupo Aço Cearense é uma empresa que carrega valores humanos em seu propósito empresarial, e por isso nosso instituto foi criado, para transformar vidas, contribuir com uma sociedade mais justa e auxiliar quem mais precisa”, afirma.

 

O Instituto Aço Cearense tem participado ativamente de ações sociais em seus 11 anos de existência e desde março de 2020 intensificou as contribuições. O Grupo Aço Cearense já realizou diversas doações durante a pandemia, como a cessão de cilindros de oxigênio à prefeituras no Ceará e no Pará, e também a doação de toneladas de alimentos, máscaras, kits escolares, testes de covid, medicamentos, material de limpeza e higiene pessoal para comunidades carentes.

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.