Pular para o conteúdo principal

MPCE ingressa com ação de ressarcimento contra ex-secretário municipal de Tianguá por ato de improbidade administrativa

 Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) ingressou com Ação Civil Pública (ACP) por ato de improbidade administrativa contra Antonio Albani Adeodato, ex-secretário de Infraestrutura, Meio Ambiente e Turismo do Município de Tianguá. A 7ª Promotoria de Justiça de Tianguá ajuizou ACP contra o ex-gestor e nove empresas contratadas pelo ente público, após ter constatado grande quantidade de contratações diretas, sem licitação e sem qualquer processo de dispensa formalizado ou documentado, bem como a subcontratação irregular de veículos locados pelo Município, causando prejuízos aos cofres municipais.

A ação decorre de Inquérito Civil Público instaurado para investigar atos de improbidade administrativa praticados por Antonio Albani, após condenação do gestor em processo de prestação de contas do extinto Tribunal de Contas dos Municípios. O relatório do Tribunal apontou que o então secretário realizou a contratação direta de diversas empresas no ano de 2009, facilitando o enriquecimento ilícito das empresas envolvidas, uma vez que não foi oportunizado qualquer tipo de disputa ou chamamento de concorrentes, o que impediu a obtenção do melhor preço.

No Pregão Presencial nº 004/2008, realizado pelo Município com o objetivo de locar veículos para os serviços de transporte dos alunos da rede municipal de ensino. Ficou evidenciado que dentre os 118 veículos colocados à disposição da Prefeitura pela empresa vitoriosa, somente três eram de sua propriedade, o que representa subcontratação de nada menos que 97,46% do total do objeto licitado. Isso causou incremento ilegal nos custos de locação e contribuiu para o enriquecimento ilícito de terceiros, uma vez que a empresa contratada não prestava o serviço, mas figurava como mera intermediadora para o aluguel de veículos terceiros.

Também restou evidenciada a ausência de licitações para contratação de serviços de coleta e limpeza urbana e pública na sede e em distritos, de recuperação e pavimentação asfáltica, de locação de retroescavadeira e de trator para apoiar a recuperação de vias, de aquisição de combustíveis para consumo dos veículos locados, bem como de drenagem e recuperação de estradas.

Assim, na ação, o MPCE requereu o ressarcimento integral dos danos causados aos cofres públicos municipais, no valor mínimo de R$ 7.531.440,84, mais atualização monetária, juros legais, custas processuais. Além disso, o Ministério Público requer a condenação do ex-secretário pela prática de atos de improbidade administrativa previstos na Lei Federal n° 8.429/92 (inciso XI do artigo 9º; incisos I, VIII e XII do artigo 10, e caput e inciso I do artigo 11), com a consequente aplicação das sanções legais previstas no artigo 12, da mesma Lei.

A ACP foi proposta no dia 28 de maio de 2021 e tramita perante a 1ª Vara Cível da Comarca de Tianguá sob o nº 0280025-08.2021.8.06.0173.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!