Pular para o conteúdo principal

Nubank anuncia as primeiras startups selecionadas para o fundo Semente Preta

 

  • Inscrições para a próxima rodada de investimento estão abertas no site do Nubank
  • Iniciativa selecionou empresas com fundadores e líderes negros com iniciativas de impacto no mercado nacional
  • Ao total, fundo destinará 1 milhão de reais até o final deste ano
São Paulo, 14 de junho de 2021 — O Nubank, maior banco digital independente do mundo, anuncia nesta semana as três primeiras startups selecionadas pelo fundo de investimento Semente Preta. As escolhidas foram {Parças}, de Alan Almeida; OnlineOS, de Isaque Cruz e Rafael Alves; e TeamHub, de Tatiana Santarelli. A iniciativa, que irá destinar um total de 1 milhão de reais para startups brasileiras criadas por empreendedores negros e negras, está com  inscrições abertas para a próxima rodada de seleção, que encerra em setembro deste ano.

Anunciado no final de março, o Semente Preta busca incentivar a diversidade no ambiente de inovação e tecnologia no Brasil, selecionando empresas em estágio de validação de seu produto mínimo viável (MVP) e que tenham impacto positivo no mercado que atuam. São consideradas startups dos seguintes setores: serviços financeiros, dados, pessoas, marketing digital, jogos, softwares, aplicativos e programação, entre outros.

"O Semente Preta nasceu de um desejo de fomentar um ambiente de tecnologia que reflita a pluralidade que existe no país. Para o Nubank, é uma honra poder atuar ativamente no incentivo da inovação e apoiar iniciativas que, assim como nós, estão focadas em resolver questões importantes em seus mercados, com o objetivo de fazer a diferença na vida dos brasileiros", afirma David Vélez, CEO e fundador do Nubank.

"O que o estamos fazendo com o Semente Preta é mostrar para o mercado que startups lideradas por empreendedores negros existem e são excelentes. Além disso, estamos descentralizando o investimento. Espero que iniciativas como essa se multipliquem e o ecossistema de venture capital entenda a importância do que estamos fazendo agora", explica Monique Evelle, consultora de inovação do Nubank e empreendedora.

Além do suporte financeiro, o Nubank irá promover troca de experiências e networking dos selecionados com outros players do mercado. O banco digital também oferecerá sessões de mentoria dos empreendedores com diferentes  times do banco digital.

As escolhidas
Em 2017, o empreendedor e bacharel em Direito Alan Almeida criou a {Parças} com a missão de "transformar as penitenciárias brasileiras em células de crescimento pessoal". Primeira pessoa da família a conquistar o diploma de ensino superior, suas experiências profissionais em grandes empresas levaram à ideia de promover cursos de programação para atuar no mercado que sempre sofre com a baixa oferta de mão de obra.

Hoje, a {Parças} tem mais de uma dezena de pessoas em tempo integral dedicadas a dar uma chance para esse público majoritariamente marginalizado. A expectativa é que, até o final de 2021, 1.000 alunos passem pelos cursos da empresa, como o fundador Alan explica: “Com a parceria Nubank & {Parças}, nossa expectativa é que em 15 anos todas as penitenciárias brasileiras sejam uma célula de transformação e qualificação profissional.”

Já a TeamHub nasceu pelas mãos de Tatiana Santarelli, que decidiu empreender quando estava há quase 20 anos no mercado de Gestão de Pessoas. Com ampla experiência no segmento e mãe de dois filhos, a empreendedora encarou o desafio de criar do zero uma empresa de tecnologia para projetos de boas práticas organizacionais ao lado do seu sócio Rodrigo Grossi. Os desafios que vieram com a pandemia remodelaram o negócio e o momento agora é de crescimento.

"Descomplicamos a gestão da cultura organizacional, através de um processo dinâmico, interativo e acessível a todos", afirma Tatiana. Neste ano, o objetivo é investir ainda mais nas áreas de marketing, tecnologia e aumentar o número de pessoas que atuam na TeamHub.

Isaque Cruz e Rafael Alves queriam fazer a diferença e encontraram esse propósito ao montarem juntos a OnlineOS. Ao observar os desafios que um dos irmãos de Isaque enfrentava com sua prestadora de serviços, montaram um sistema de baixo custo para auxiliar as operações de pequenos negócios e oferecer softwares acessíveis. De 2019 para cá, o projeto evoluiu e hoje ambos dedicam 100% do seu tempo ao empreendimento. "Foi uma honra sermos selecionados para receber um investimento de uma empresa como o Nubank, que se preocupa com as startups e a diversidade no empreendedorismo. Isso mostra que estamos no caminho certo e muito felizes por fazer parte desse ecossistema", conclui Isaque.

Com o aporte do Semente Preta, a prioridade agora é expandir a carteira de clientes e financiar o crescimento da área de tecnologia da empresa. 

SOBRE O NUBANK
O Nubank foi fundado em 2013 para libertar as pessoas de um sistema financeiro burocrático, lento e ineficiente. Desde então, por meio de tecnologia inovadora e excelente atendimento ao cliente, a empresa vem redefinindo o relacionamento das pessoas com o dinheiro em toda a América Latina. Com operações no Brasil, México e Colômbia, o Nubank é hoje o maior banco digital independente do mundo, reinventando a vida financeira de 40 milhões de clientes.

O Nubank atingiu esse patamar ao oferecer um cartão de crédito sem anuidade, totalmente gerenciado por um aplicativo, hoje usado por cerca de 21 milhões de usuários, e uma conta digital, livre de tarifas, atualmente utilizada por cerca de 32,5 milhões de brasileiros. O Nubank também oferece empréstimo pessoal transparente e descomplicado, um programa de benefícios com pontos que nunca expiram, uma conta para pequenas e médias empresas e seguro de vida. Em 2020, a empresa anunciou a aquisição da corretora digital Easynvest, uma das primeiras corretoras a oferecer acesso online à Bolsa no Brasil, que possui mais de 1,5 milhão de clientes e R$ 26 bilhões de ativos sob custódia.

O Nubank, ao longo dos sete anos de sua história, levantou mais de US$ 1,2 bilhão com alguns dos investidores de tecnologia mais conhecidos do mundo, Sequoia, DST, Tencent, Tiger, Kaszek, Founders Fund, Dragoneer, TCV, Redpoint, Ribbit, GIC, Whale Rock, Invesco e QED.

O Nubank foi apontado em 2021 pela revista TIME como uma das 100 empresas mais influentes do mundo e eleito pela revista Forbes como o melhor banco do Brasil -- e um dos melhores do mundo -- por três anos seguidos, em 2019, 2020 e 2021. Também foi reconhecido pela revista Fast Company como a empresa mais inovadora da América Latina e o "challenger bank" mais valioso pela CB Insights.

Hoje, o Nubank é uma empresa global, com escritórios em São Paulo (Brasil), Cidade do México (México), Buenos Aires (Argentina), Bogotá (Colômbia), Durham (Estados Unidos) e Berlim (Alemanha). Foi fundado em 2013 em São Paulo, pelo colombiano David Vélez, e tem como co-fundadores a brasileira Cristina Junqueira e o americano Edward Wible. Para mais informações, visite www.nubank.com.br.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.