Pular para o conteúdo principal

Parque Tecnológico da UFC dá início às quatro primeiras incubações de startups acadêmicas

 Quatro spin-offs (startups acadêmicas, empresas que nasceram a partir de pesquisas desenvolvidas no ambiente acadêmico) serão incubadas pelo Parque Tecnológico (PARTEC) da Universidade Federal do Ceará. Os contratos foram assinados nesta semana pelo reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, e pelo presidente da Fundação de Apoio a Serviços Técnicos, Ensino e Fomento de Pesquisas (ASTEF), Prof. Barros Neto, e representam um importante passo para a política de inovação. A ASTEF é a entidade gestora do PARTEC.

Imagem: Fachada do prédio do Condomínio de Empreendedorismo e Inovação abrigará duas das quatro spin-offs incubadas pelo Parque Tecnológico (Foto: Ribamar Neto/UFC Informa)
Condomínio da Inovação abrigará duas das quatro spin offs incubadas pelo Parque Tecnológico (Foto: Ribamar Neto/UFC)

As spins-offs são resultado de pesquisas acadêmicas em áreas como saúde, engenharia e finanças. Uma vez que as pesquisas geraram produtos inovadores, seus autores se preparam para dar o passo seguinte e transformá-los em empresas, com todos os desafios que isso implica.

Dentro da política de inovação da UFC, é nesse ponto que entra o PARTEC: por 12 meses, a Universidade oferece gratuitamente instalações físicas, Internet, serviços de limpeza e segurança. Também oferece acesso e uso de laboratórios específicos, com equipamentos de ponta, que são fundamentais para o desenvolvimento dos produtos e o eventual ganho de escala do processo.

Além disso, por meio de uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (SEBRAE), as spin-offs terão acesso à capacitação e consultoria para organizar a área de gestão e negócios da empresa. Em contrapartida, se elas vierem dar lucro, a Universidade receberá um percentual do valor. 

"Todo o trabalho que a gente vem fazendo em torno do empreendedorismo e da inovação começa a mostrar resultados. Estamos abrindo espaço para as startups acadêmicas, as spin-offs, e eu fico muito feliz porque vejo uma perspectiva. Em tão pouco tempo, já temos as quatro primeiras instaladas e isso é muito importante porque serve de exemplo. Estamos começando, e começando bem", avalia o reitor Cândido Albuquerque.

O reitor situa o momento dentro da nova política de inovação da UFC. "Temos dois equipamentos muito importantes, o Parque Tecnológico e o Condomínio de Empreendedorismo e Inovação. Juntos, eles vão criar um ambiente fundamental para nossa Universidade", disse.

CONHECENDO AS SPINS-OFFS – As empresas que serão incubadas apresentam um perfil bastante diversificado, aponta o diretor geral do PARTEC, Prof. Fernando Nunes. Todas participaram de um edital público lançado no fim do ano passado. O lançamento oficial do processo de incubação deve ser feito na próxima terça-feira (1º), no Condomínio do Empreendedorismo e Inovação, no Campus do Pici, com a entrega presencial do material aos líderes das spin-offs.

Uma das spin-offs é a TECDERM, empresa da área de saúde que está desenvolvendo curativos de alta performance. Como explica o Prof. Fernando, o produto utiliza-se das próprias células mortas para acelerar o processo de cicatrização das feridas. Com isso, pretende-se evitar casos mais graves, como os das escaras, que muitas vezes levam meses para ser tratados.

A empresa será instalada no Condomínio de Empreendedorismo e Inovação e utilizará o Laboratório de Curativos e Medicamentos do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM) para pesquisas de uso e testagem. Também deve realizar o desenvolvimento de novos produtos no Laboratório do Núcleo de Pesquisas em Lubrificantes.

Outra spin-off a atuar na área de saúde, segundo o diretor do PARTEC, será a MEDSEQ Medicina Personalizada, que trabalha com diagnóstico preventivo do câncer. A empresa ficará localizada na Faculdade de Medicina (FAMED) e poderá utilizar o Laboratório de Citogenômica do Câncer, para aprimoramento dos seus produtos.

A terceira é a Soluções de Machine Learning para Manutenção e Inspeção Industrial, que trabalha com identificação de problemas em tubulações e será instalada no Condomínio. A spin-off permitirá identificar problemas com maior precisão e utilizará o Laboratório de Metrologia Mecânica.

A quarta spin-off é a Open Source Bankings, que ficará sediada no Campus de Crateús. A spin-off está desenvolvendo um sistema em código aberto, gratuito, para facilitar a gestão financeira e bancária de pequenos negócios. A Open Source trabalhará com capacitação para implantação do sistema, manutenção e atualização do sistema. Ela utilizará o Laboratório Loja 04 do PARTEC.

O presidente da Fundação ASTEF, Prof. Barros Neto, destaca que a Universidade vem avançando na cultura da inovação e do empreendedorismo, e que é muito importante ver a UFC gerar suas próprias spin-offs. "É uma contribuição importante para a sociedade e, ao mesmo tempo, um grande momento para a Universidade. Que venham outras e que elas sejam muito bem-sucedidas", diz.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!