Pular para o conteúdo principal

*União proporciona até 50% de desconto para renegociação de dívidas com prazo até 30 de agosto*



_A iniciativa é uma saída para quem foi prejudicado pela pandemia e se encontra inadimplente com o fisco_


A ideia de implementação de um novo Refis (Programa de refinanciamento de dívidas com o Governo Federal) proposta pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), com um desconto de até 50%, além de oferecer uma grande oportunidade aos contribuintes em inadimplência, ainda favorece aos cofres públicos, que também tiveram prejuízos diante do cenário de pandemia no Brasil.


Para o economista e contabilista, Marcos Sá, os efeitos do coronavírus causaram um rombo fiscal à União. A renegociação é a saída neste momento, tanto para os cofres públicos, quanto para os contribuintes (pessoas físicas e jurídicas) que estão em falta com seus tributos. “A possibilidade de acordo para quitação de débitos será válida até o dia 30 de agosto. Então, é importante tirar todas as dúvidas porque este é o momento de organizar as finanças e não perder o prazo”, alerta o especialista.


“Espera-se que o programa gere uma receita de R$ 40 milhões aos cofres do governo ainda este ano”. O especialista ainda explica que para renegociar é necessário provar que o não pagamento dos tributos deve está relacionado aos impactos da pandemia na economia, com parcelas vencidas no período de março a dezembro de 2020. Para comprovar a situação em relação aos débitos de imposto de renda, por exemplo, a pessoa física poderá comprovar, mediante demonstração, queda na renda, em qualquer porcentual, na comparação com os rendimentos de 2019. 


Para pessoa jurídica o procedimento de comprovação de débito relativo à pandemia é o mesmo dos devedores pessoas físicas. A negociação para pessoas físicas e microempreendedores, dentre outros, prevê um parcelamento de até 133 meses e obtenção de desconto integral (até 100%) sobre multas, juros e encargos, desde que o total dos abatimentos não ultrapasse 70% do valor total do débito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.