Pular para o conteúdo principal

Mulher suspeita de se passar por funcionária de produtor musical famoso é presa pela PC-CE

 Uma suspeita de estelionato foi presa na tarde desta quarta-feira (21), no bairro Aldeota, em Fortaleza, Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1). A mulher é investigada por aliciar artistas locais alegando ser funcionária de um produtor musical famoso no país. Yoná Cunha Torres, de 49 anos, foi autuada em flagrante por estelionato e falsidade ideológica.

A Polícia Civil foi acionada por uma das vítimas, que relatou o fato. Na ocasião, ela estava indo ao encontro da mulher em um hotel no bairro Aldeota, para pagar uma quantia no valor de R$ 20 mil, que a suspeita de estelionato dizia ser referente às taxas de patrocínio. Há alguns meses, a vítima realizou um depósito no valor de R$ 80 mil para a mulher, que se identificava como membro da equipe de um produtor musical conhecido por produzir álbuns de para vários artistas famosos no Brasil. A vítima registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) e o caso passou a ser investigado pela na Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE).

Uma equipe da Polícia Civil abordou Yoná no hotel marcado para encontrar a vítima. Ainda na ação, os policiais civis estavam com um representante do produtor musical, que afirmou que a empresa não tinha representante no Ceará e que não conhecia a mulher. A Polícia Civil identificou que Yoná não possui nenhum vínculo com a empresa do produtor, além de ter apreendido parte do dinheiro que já havia sido repassado para a suspeita, bem como os documentos que ela assinava se passando como representante da empresa. Diante disso, a mulher, sem antecedentes criminais, foi conduzida à Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), onde foi autuada por estelionato e falsidade ideológica.

A Polícia Civil mantém as investigações no intuito de identificar outros suspeitos envolvidos no esquema criminoso. O dinheiro foi restituído à vítima. As apurações e as oitivas são conduzidas pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF).

Denúncias 

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser feitas ainda para (85) 3101-2505, da Delegacia de Defraudações e Falsificações. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.