Pular para o conteúdo principal

Startup Akredito pretende expandir atuação no Nordeste

 






 Startup de impacto social reúne, renegocia e quita todas as dívidas de pessoas negativadas diretamente com credores, possibilitando descontos de até 75%. A iniciativa já rendeu prêmios internacionais a fintech.


 


Em meio ao difícil momento pelo qual passa a economia brasileira, ter o nome limpo e sem restrição faz toda a diferença. Foi a partir da percepção de que, com a instabilidade econômica, o número de brasileiros endividados não parava de crescer, que os irmãos Pedro e Mariana Boot decidiram, em 2018, construir a Akredito, uma fintech de impacto social que resgata dívidas de brasileiros com nome ‘sujo’ e possibilita sua reinclusão social. A startup consolida, negocia e paga à vista dívidas de até R$ 10 mil de pessoas que estão com o nome negativado.




“Analisando o mercado brasileiro, entendemos que não existiam muitas alternativas para o inadimplente limpar o nome de forma sustentável. As instituições financeiras dificilmente aprovam empréstimos para negativados e, quando aprovam, cobram juros altíssimos e/ou solicitam garantias, tornando o endividamento um ciclo vicioso. A partir deste cenário, tivemos a ideia de criar um modelo de negócio para colaborar com a inclusão financeira, social e digital”, explica Pedro Boot, CEO da empresa.




A startup tem como missão, além de resgatar os brasileiros endividados, reintegrá-los de maneira sustentável no mercado de consumo brasileiro. “Existem muitas definições de negócio social. Nossa definição é uma empresa que visa o impacto social como o seu objetivo principal, mas ao mesmo tempo busca o lucro. Com o nome negativado é quase impossível financiar a faculdade, investir em um negócio e pode até dificultar o processo de conseguir um emprego, entre outras situações. Foi por isso que pensamos em desenvolver uma solução que oferecesse um serviço justo e acessível para que o inadimplente se reintegre na sociedade de forma financeiramente sustentável.”, complementa o CEO da Akredito.




A experiência vem se mostrando extremamente bem-sucedida e, em apenas três anos, já rendeu à Akredito alguns prêmios internacionais, entre eles o Lab Habitação 2020 e o Village Capital 2020. Nascida no Rio de Janeiro, mas operando 100% on-line, a fintech já negociou mais de R$ 600 mil para cerca de 200 famílias em todo o Brasil. Em fase de escalada, além de expandir sua atuação no Nordeste, a startup também busca investidores na região e aposta num posicionamento mais assertivo, já que os clientes da Região são os mais adimplentes com a empresa.




Inovação e tecnologia


O diferencial da Akredito na recuperação de crédito é que a operação ocorre totalmente de forma on-line: a plataforma digital da empresa identifica, consolida, unifica e paga todas as dívidas que deixam uma pessoa negativada. Os interessados em negociar suas dívidas se cadastram no site https://www.akredito.com.br e têm seu perfil analisado. Caso seja aceito, a Akredito assume todas as dívidas registradas nas agências de proteção ao crédito e o negativado fica com nome limpo em até 5 dias úteis. Uma vez concluída esta etapa, o cliente pagará apenas para a Akredito, com parcelas acessíveis, em até 24 vezes. O sucesso do modelo de negócio social reflete-se na baixa inadimplência dos clientes com a empresa. Todo o processo é realizado de forma personalizada, segura e transparente.




Prêmios e programas


A startup Akredito já vem promovendo seu nome internacionalmente através de prêmios como o WexChange 2020, o BBVA OPEN TALENT; a seleção para o programa Lab Habitação 2020 para negócios de impacto social que atuam com acesso a microcrédito habitacional; saneamento básico; inovação na construção civil; e reformas habitacionais de baixo custo para a população em vulnerabilidade social e econômica; e também foi uma das 12 selecionadas, e única fintech brasileira, para participar da aceleradora Village Capital 2020.




Mais informações:


https://www.akredito.com.br | 0800-881-1000 | contato@akredito.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!