Pular para o conteúdo principal

TJCE, por unanimidade, mantém tramitação de inquérito policial instaurado a requerimento da Promotoria de Justiça de Caucaia para apurar possíveis práticas delituosas praticadas por delegado de polícia

 

Os desembargadores integrantes da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), por unanimidade, negaram habeas corpus formulado em favor de delegado em Caucaia contra ato do promotor de Justiça titular da 4ª Promotoria de Justiça de Caucaia. O membro do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) havia requisitado à Delegacia de Assuntos Internos (DAI) a instauração de inquérito policial para apurar eventual prática de conduta delitiva pelo delegado que subscreveu ofício endereçado a membros do Ministério Público e do Poder Judiciário do Estado do Ceará.

No habeas corpus, os impetrantes haviam requerido a suspensão da tramitação do inquérito policial instaurado no âmbito da DAI em desfavor do delegado, alegando suspeição da autoridade ministerial e atipicidade da conduta, ante a ausência de dolo específico. O pleito liminar fora deferido até o julgamento definitivo.

Instado a prestar informações, o membro do MPCE rebateu as teses apresentadas, esclarecendo que “o Ministério Público requisitou a instauração de inquérito policial para a cabal apuração do fato possivelmente tipificado no art. 331 c/c art. 61, II, g e art. 70, idos do CPB, o que não quer dizer que o investigado será necessariamente indiciado por este dispositivo, se indiciado for, pois a requisição ministerial não vincula as conclusões da autoridade policial que presidirá o inquérito requisitado e fará o indiciamento, ou não, conforme seu entendimento”.

Dessa forma, a 2ª Câmara Criminal do TJCE, na extensão conhecida do habeas corpus, negou provimento e revogou, nessa quarta-feira (14/07), a liminar concedida. No voto do relator, consta o seguinte “Não se vislumbra nos autos, portanto, qualquer das hipóteses de concessão da ordem objetivando o trancamento do inquérito policial, posto que, ainda que não se tenham provas cabais sobre a existência do necessário dolo específico, este também não pode ser totalmente descartado, neste momento, ante à verificação de indícios, ou pelo menos dúvidas, acerca de sua ocorrência. Assim, as necessárias provas deverão ser colhidas após a devida instrução criminal”. Reafirmado assim o sistema acusatório, capacidade postulatória e o controle externo da atividade policial pelo Ministério Público, tudo nos moldes da Constituição Federal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!