Pular para o conteúdo principal

Uece desenvolve teste rápido para diagnóstico da Covid-19; resultado é disponibilizado em até cinco minutos

 _DSC0247 (1).JPG


A Universidade Estadual do Ceará (Uece) segue com pesquisas científicas para contribuir, cada vez mais, no combate à Covid-19. Desta vez, o Laboratório de Biotecnologia e Biologia Molecular (LBBM/Uece) desenvolveu teste rápido e de baixo custo para diagnóstico da SARS-CoV-2, a partir da saliva ou de secreções nasais. O resultado do teste sai entre três e cinco minutos.

Atualmente, os testes padrão ouro para detecção da Covid-19 são realizados por RT-PCR, cujo processo é demorado, de elevado custo, com o envolvimento de pessoal qualificado. O teste desenvolvido pela Uece se provou tão eficaz quanto o RT-PCR, tendo vantagens econômicas e de aplicabilidade. A coordenadora do LBBM/Uece, professora Izabel Florindo Guedes, fala da praticidade e utilidade do teste.

“O teste desenvolvido na Uece poderá ser aplicado em crianças ou em pessoas, inclusive, à beira do leito. Basta pegar uma gotinha de saliva para fazer o teste. O método também é ideal para fazer triagem e monitoramento em grandes eventos, como as Olimpíadas, por exemplo, em que é preciso testar todos os participantes de forma rápida”.

O pesquisador do LBBM/Uece, Valdester Cavalcante Pinto Júnior, ressalta que a ideia surgiu a partir do desenvolvimento de outra pesquisa, em que é analisada a prevalência da Covid-19 em crianças, adolescentes e adultos em situação de educação remota pela rede municipal de ensino em Fortaleza.

“Quando fizemos o rastreamento das crianças como parte do estudo para o doutorado, recebemos algumas demandas das famílias: o teste era incômodo, caro, e demorava muito a sair o resultado. Foi a partir daí que os membros do Laboratório passaram a discutir a possibilidade de desenvolver um teste rápido, de custo mais barato e menos desconfortável para o paciente. Então, desenvolvemos esse teste, que já passou pelo estudo de bancada e que se provou tão eficaz quanto o RT-PCR”, explicou o pesquisador.  

A invenção é uma técnica simples e não invasiva, que pode contribuir de maneira significativa no rastreio de pessoas infectadas, sejam elas sintomáticas, sejam assintomáticas. O teste deve, inclusive, contribuir com a elaboração de estratégias mais seguras para retomada das atividades sociais.

Além da vantagem de fornecer resultados de modo mais seguro, prático e simples, o teste oferece benefício também no processo de análise, pois não requer mão de obra extremamente qualificada. O teste pode ser utilizado não somente em laboratórios, mas também em locais de atendimento ao público ou em escolas, por exemplo.

Valdester explica como funciona: “Após a coleta da saliva, ela é colocada em uma membrana [suporte sólido] onde acontece sua dispersão. Em seguida, são sobrepostos a essa membrana os anticorpos do SARS-CoV-2 [causador da Covid-19]. O anticorpo reage com o antígeno e daí surge uma ‘marca’ nos testes dos pacientes que forem positivos”.

O também pesquisador do LBBM, Luiz Francisco Wemmenson Gonçalves Moura, revela a atual fase da pesquisa e fala sobre os próximos passos. “Foi feita a maioria dos testes em bancada. Infere-se, dessa avaliação, o fato de que o modelo se mostrou de alta sensibilidade e elevada especificidade. Já estamos em fase final de elaboração da redação para pedido de patente e, no momento, estamos escrevendo projeto para conseguir financiamento e aprovação do Comitê de Ética para validação clínica (provável que seja feito em um grande hospital aqui da capital)”.

São responsáveis pela invenção do teste os pesquisadores Valdester Cavalcante Pinto Júnior, Maria Izabel Florindo Guedes, Luiz Francisco Wemmenson Gonçalves Moura, Ana Cláudia Marinho da Silva, Daylana Régia de Sousa Dantas, Ney de Carvalho Almeida, Cícero Matheus Lima Amaral, Daniel Freire Lima, Arnaldo Solheiro Bezerra e Eridan Orlando Pereira Tramontina Florean.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!