Pular para o conteúdo principal

Grupo suspeito de aplicar golpe do “Consórcio premiado” é preso pela PC-CE

 

Oito pessoas, sendo três mulheres e cinco homens, integrantes de uma mesma empresa, foram presas em flagrante, na última segunda-feira (23), suspeitos de aplicarem o golpe do falso consórcio premiado. O grupo criminoso, que captava clientes por meio de um aplicativo das redes sociais, foi preso em uma operação deflagrada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), no bairro Aldeota – Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1) de Fortaleza. Além das capturas, notebooks, tablets, celulares, documentações de terceiros, diversos contratos e anotações de como aplicar o golpe, foram apreendidos na ofensiva policial.

O trabalho coordenado pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), unidade especializada da PC-CE, iniciou acerca de seis meses, quando as autoridades policiais foram procuradas por quase 30 vítimas, que relataram o crime por meio de Boletins de Ocorrência (B.O). Segundo o que foi apurado inicialmente, a empresa intitulada como Business Cred e que, após tornar alvo das investigações mudou para o nome Nord Bank, captava seus clientes pela internet com a promessa de facilitar, e por um valor mais acessível, a contemplação de uma carta de crédito para compra de um carro zero.

Sobre o golpe

As vítimas eram ludibriadas por meio de um anúncio pela internet, depois iam pessoalmente até a empresa, situada no bairro Aldeota, e lá eram recebidos por uma equipe bastante treinada. Na ocasião, as vítimas eram informadas que deveriam pagar 20% do valor geral da carta crédito que eles gostariam de obter para a compra do veículo, depois do pagamento efetuado, as vítimas aguardavam até uma semana para serem contempladas e só então, após não serem contempladas, descobriram que tinham contratado um consórcio, ficando assim sem o crédito prometido e com a obrigação de pagar altas parcelas.

Com base nas informações gerais, as equipes se deslocaram, na última segunda-feira (23), até o local alvo das investigações e já se depararam com uma equipe de oito pessoas, treinando novas pessoas para aplicarem o golpe. Os suspeitos foram identificados como Cláudio Henrique Farias Lima (41); Derek Alvez Ribeiro (25); Erika Abreu Silva (20); Felismina Maria Silveira (21); João Victor da Cunha Oliveira (18); Jurandi Perote de Sousa Junior (22); Léo Holanda de Oliveira e Thifany Brasil da Costa (22).

O grupo, que não reagiu à ofensiva e não possuíam antecedentes criminais, foi conduzido à DDF onde os suspeitos foram autuados em flagrante por organização criminosa, estelionato e falsidade ideológica. Com eles foram apreendidos ainda dez celulares, vários computadores, um notebook, um tablet, além de vários cadernos com anotações e contratos, possivelmente assinados pelas vítimas. As investigações e diligências continuam, a fim de localizar e prender o proprietário da empresa identificado como Antônio Alves da Silva Filho, de 26 anos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!