Pular para o conteúdo principal

Professor da Uece fez acompanhamento físico da dupla do vôlei de praia durante as Olimpíadas

 

O professor Adriano Loureiro, do curso de Educação Física da Universidade Estadual do Ceará (Uece), participou dos Jogos Olímpicos 2020, em Tóquio, acompanhando a preparação física e o monitoramento fisiológico da dupla Ana Patrícia e Rebecca, que representou o Brasil no vôlei de praia feminino.

O docente conta que, há um ano, recebeu convite de Reis Castro, técnico da dupla, para fazer parte do ciclo olímpico. “Ele estava precisando de uma orientação mais detalhada com relação à preparação física e à fisiologia das atletas. O acompanhamento é feito diariamente, com cerca de uma hora de treino por dia, de segunda a sexta-feira. Tem uma pequena variação, dependendo se tem competição ou se elas vão viajar”, detalha o professor Adriano.

De acordo com o preparador físico, vários aspectos foram considerados no treinamento da dupla olímpica, sobretudo, pelo fato de o vôlei de praia se tratar de uma modalidade esportiva muito árdua, em que uma partida dura aproximadamente 45 minutos, quando é disputada em dois sets, podendo chegar a uma hora e cinco minutos, se for para o tie-break (que é disputado quando há empate nos dois sets anteriores).

“A partida é jogada, normalmente, sob o sol, com clima adverso, e, devido a isso, o atleta tem que ter uma boa resistência para sustentar as ações motoras. Se ele tem um condicionamento físico baixo, mesmo que tenha boa habilidade e boa técnica, ele não consegue colocá-las em prática porque estará fadigado. No caso do vôlei, é necessário ter boa resistência física para suportar o período de jogo e, além disso, ter potência, velocidade e agilidade, porque as ações são muito rápidas. É preciso muita força. Basicamente, a prioridade nos treinamentos, tanto técnico quanto físico, é o desenvolvimento desse padrão motor, além das habilidades motoras, que são condições sine qua non para uma boa prática esportiva”, explica o educador físico.

Preparação física

WhatsApp Image 2021-07-29 at 18.16.19.jpeg

Adriano Loureiro informa que sua profissão de base é a de preparador físico, sempre acompanhando atletas de alto rendimento. Esta foi a terceira edição olímpica em que o docente atuou como preparador de atletas do vôlei de praia. Em 2004, nos Jogos de Atenas, o docente integrou a equipe da dupla Márcio Araújo e Benjamin. Também participou da preparação da dupla Márcio e Fábio Luiz, que conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

“Participamos de uma Olimpíada em que o nível técnico é muito alto. Por isso, há necessidade de ter um suporte técnico especializado. Pudemos encontrar os melhores profissionais do mundo na área do esporte, e a Educação Física do Brasil está de parabéns, pois a gente produz muitos profissionais qualificados e estudiosos de diversas áreas. A formação do profissional na Educação Física – a graduação é o primeiro passo, depois é necessário se especializar – é muito importante”, enfatiza o professor Adriano.

WhatsApp Image 2021-07-29 at 06.34.43.jpeg

A dupla Ana Patrícia e Rebecca, que treina no Centro de Formação Olímpica (CFO), ficou em 5º lugar na classificação geral do vôlei de praia feminino nos Jogos de Tóquio. O professor Adriano Loureiro destaca a importância da “missão especial, honra e satisfação” que foi representar o Brasil em um torneio olímpico, evento que envolve todos os países do mundo. “Mesmo sem medalhas, o fato de estar representando seu País e jogar bem, ser agraciado e receber elogios pelo seu trabalho é muito bacana. É uma distinção profissional participar de uma Olimpíada”, conclui o docente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!