Pular para o conteúdo principal

Lady Driver: Cadastro aberto para condutoras

 


O Lady Driver, maior aplicativo de mulheres motoristas do mundo, está preparando o início de sua operação em Fortaleza. Para isso, inscreve interessadas em prestar serviço no deslocamento de passageiros na cidade. O cadastro pode ser feito gratuitamente pelo próprio aplicativo.


Ao optar por selecionar exclusivamente mulheres, o serviço busca promover a igualdade de gênero, visto que, em meio à pandemia de Covid-19, as mulheres foram as mais atingidas pelo desemprego. De acordo com a Pesquisa do Ipea, houve redução para 39,7% no percentual de mulheres com ocupação de trabalho somente no segundo trimestre de 2020 (Dados da Pnad Contínua de 2012 a 2020).


Por outro lado, cresceu a taxa de brasileiras habilitadas. Existem no Brasil 5,8 milhões de condutoras de automóveis, até março de 2021, o equivalente a 35% do total de carteiras válidas no Brasil (Pesquisa ABRAMET/DENATRAN). Dentro deste cenário, o transporte por aplicativo é uma alternativa viável de renda e um dos diferenciais do Lady Driver é a remuneração por todo o percurso realizado, desde o aceite da corrida incluindo o deslocamento até a passageira, até o destino final e a isenção de taxas mensais para as motoristas utilizarem o sistema.


O serviço pretende também formar uma rede de apoio para a rotina das clientes, cujo público prioritário é de mulheres, idosos e idosas, pessoas com mobilidade reduzida e crianças.  O Lady Care, uma das opções de agendamento de corridas, foi pensado para humanizar a locomoção de passageiros e passageiras que necessitam de mais cuidado em seu deslocamento.


A franquia do aplicativo no  Ceará é dos empresários  Luciana Dalla Nora e Miguel  Andrade, eles destacam o potencial de mercado que encontram na capital cearense, onde pretendem iniciar as atividades com 350 mulheres motoristas


“O nosso grande propósito é oferecer segurança para o deslocamento de mulheres, considerando que 97% já sofreram assédio no transporte coletivo. Em termos de renda, temos uma série de diferenciais. A nossa taxa, por exemplo, é fixa de 25% em todos os horários. Para a segurança das motoristas e passageiras, após se inscreverem no aplicativo, o sistema faz uma busca na Receita Federal e na Polícia Federal”, declara Luciana Dalla Nora, sócia local da empresa.


Para cadastro

As motoristas interessadas podem baixar o aplicativo Lady Driver e fazer o cadastro gratuitamente. Os  requisitos são ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com observação “Exerce Atividade Remunerada”; Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV)  atualizado; carro dentro do padrão Lady Driver; cartão de crédito e conta bancária; atestado de antecedentes criminais (obtido na Polícia Civil) e comprovante de residência no seu nome. 


Sobre o Aplicativo

A empresa foi criada em 2016 pela CEO, Gabryella Corrêa, com a proposta de oferecer às passageiras mais proteção contra o assédio sexual no transporte, situação da qual a própria fundadora foi vítima. O aplicativo conecta mulheres passageiras e condutoras, proporcionando segurança para ambas e independência financeira para as motoristas. Existe desde 2018 em São Paulo, onde já cadastrou mais de 60 mil mulheres.


Serviço:

Cadastro de mulheres motoristas em aplicativo de transporte particular, Lady Driver.

Onde: Apple Store e Google Play

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que