Pular para o conteúdo principal

COM NATAL DA SOLIDARIEDADE, ASSAÍ AMPLIA DOAÇÕES DE ALIMENTOS EM 2021

  

  • Empresa doou mais de 1.000 toneladas de alimentos ao longo do ano;
  • Doações de clientes contabilizaram, juntas, outras 700 toneladas de produtos;
  • Companhia está apoiando 18 mil famílias atingidas pelas fortes chuvas no sul da Bahia e também transformou suas lojas em pontos de arrecadação de alimentos

 

 Com o encerramento da campanha Natal da Solidariedade na última semana de dezembro, que mobilizou clientes a ajudarem com alimentos não perecíveis e itens de limpeza e higiene pessoal, o Assaí Atacadista ampliou a quantidade de doações em 2021 para contribuir com o combate à fome no Brasil.


 

No total, foram doadas diretamente pela empresa mais de 1.000 toneladas de alimentos, enquanto outras 700 toneladas de produtos alimentares foram arrecadadas junto a clientes por meio de ações realizadas nas lojas da companhia. Somadas, as doações diretas da empresa e de clientes representam mais de 3,4 milhões de pratos de comida distribuídos a famílias em situação de vulnerabilidade em todo o país.


Os itens alimentares são distribuídos por meio de instituições sociais parceiras, que garantem a entrega em mãos às pessoas que mais precisam em diversas regiões brasileiras, com a abrangência de 23 Estados do país mais o Distrito Federal. No total, mais de 100 organizações já foram contempladas com as doações do Assaí.


Esses números refletem a preocupação da empresa em contribuir para amenizar os impactos provocados pelo avanço da fome no Brasil, que nos últimos tempos tem atingido um número cada vez maior de pessoas. Segundo dados levantados pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), mais de 116,8 milhões de pessoas estão em situação de insegurança alimentar ou passando fome no Brasil. A situação tem se agravado pela crise provocada pela pandemia de covid-19, que impactou fortemente a renda de milhares de famílias, sobretudo as de baixa renda.


Nesse cenário, 
desde o início da pandemia, o Assaí tem reforçado uma série de medidas para contribuir com os públicos mais afetados pelo cenário pandêmico. No combate à fome, a empresa aumentou os investimentos e as doações de alimentos e tem feito uma série de parcerias com novas instituições para ampliar a capilaridade de distribuição das entregas.

 

Natal da Solidariedade

 

No início de dezembro, o Assaí Atacadista iniciou a campanha Natal da Solidariedade, reforçando seu papel como agente de engajamento da sociedade. O objetivo foi aumentar a quantidade de alimentos doados. A cada 10 kg arrecadados em doações feitas pelos clientes da companhia, a empresa doou mais 1,5 kg de comida.

 

A ação, encerrada em 19 de dezembro deste ano, arrecadou mais de 280 toneladas de produtos não perecíveis. Com a contribuição adicional do Assaí de 15% deste volume, as doações ultrapassaram as 320 toneladas de alimentos. Esses itens foram destinados a instituições sociais parceiras da companhia e distribuídos a pessoas em vulnerabilidade social das mais diversas regiões do país. A iniciativa faz parte da agenda de mobilização social da companhia, assim como a Campanha de Solidariedade, realizada entre maio e agosto deste ano, e que na ocasião arrecadou cerca de 420 toneladas de alimentos.

 

Chuvas na Bahia

 

Além destas ações, o Assaí Atacadista está recebendo, desde o dia 28/12, doações de alimentos não perecíveis, itens de limpeza e higiene pessoal que serão enviados às cidades do sul da Bahia, atingidas pelas fortes chuvas dos últimos dias.


Os itens podem ser entregues em qualquer uma das 11 lojas da rede no Estado. Não há quantidade mínima para doação. Os alimentos arrecadados serão entregues às famílias afetadas pelas enchentes por meio de uma parceria com a Central Única das Favelas (CUFA).  Além dos alimentos arrecadados nas unidades, o Assaí doará 198 toneladas de produtos às famílias atingidas, distribuídas em 18 mil cestas básicas. Destas, 8 mil serão entregues via Central Única das Favelas (CUFA) e as outras 10 mil serão doadas às autoridades públicas baianas, entre elas o Corpo de Bombeiros, que farão a distribuição final e garantirão que os alimentos cheguem àqueles que mais precisam neste momento. Quando forem concluídas, as doações diretas de alimentos do Assaí totalizarão cerca de 1.200 toneladas em 2021.


Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí é uma empresa de atacarejo que atende pequenos(as) e médios comerciantes e consumidores(as) em geral que buscam economia tanto na compra de itens unitários, como em grande volume. Com crescimento de 30% em receita bruta em 2020, está presente nas cinco regiões do País com 212 lojas distribuídas em 23 estados (mais o Distrito Federal). É um dos dez maiores empregadores do segmento privado do país com mais de 57 mil colaboradores e, mensalmente, recebe 30 milhões de clientes em suas lojas. Em 2021 passou a ser listado na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), sendo a ação mais valorizada no mês de estreia das negociações, com alta de 402%. Além disso, é negociada também na bolsa de Nova York (NYSE). O Assaí está entre as 20 marcas mais valiosas do país em ranking anual promovido pela Interbrand e está na 17ª colocação entre os maiores faturamentos em receitas líquidas do país.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que