Pular para o conteúdo principal

Acedecon critica reajuste da Aneel e não descarta ação judicial


Audiência pública debaterá, na Fecomércio-CE, possíveis impactos do aumento da tarifa de energia no Ceará; Faec alerta para aumento de até 15% nos produtos agrícolas


A Associação Cearense de Direito do Consumidor (Acedecon) participa, nesta sexta-feira (29), de audiência pública para discutir o reajuste de quase 25% na tarifa de energia elétrica imposta aos consumidores cearenses por parte da Enel Ceará e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A sessão, que acontece na sede da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), debaterá o impacto negativo do aumento considerado abusivo.


O presidente da Associação, Thiago Fujita, esclarece que medidas judiciais são uma alternativa caso não haja um diálogo para reavaliação do cenário. “Entendemos que é preciso discutir mais seriamente o assunto em questão e que é necessário haver uma abertura para negociações sobre como reduzir o percentual. Há como buscarmos outras soluções, mas também não descartamos acionar a Justiça, pois esse aumento não possui uma justificativa razoável”, explica Fujita.


Sávio Aguiar, conselheiro consultivo da Acedecon, teme os efeitos que o reajuste pode causar no bolso do consumidor. “Uma reavaliação de valores como essa gera insegurança, a princípio, e é preocupante a médio e longo prazo, pois o impacto na vida do cearense tende a ser atordoante, como também na implicação de mais um golpe fulminante em uma já combalida economia estadual”, detalha.


Em discussão


A expectativa é de que entidades como a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e da Federação da Agricultura do Ceará (Faec) participem da audiência pública. O deputado federal Danilo Forte (União-CE), presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Energias Renováveis (FER), também deve se somar à discussão.


O parlamentar é um dos críticos do reajuste, especialmente por se tratar de uma região que produz mais energia do que consome. "Foi graças à produção eólica do Nordeste que o Brasil não enfrentou racionamento em 2020 e 2021. E é assim que a Enel nos agradece?", indaga Danilo. O deputado quer convocar representantes da distribuidora e da Aneel para dar explicações sobre o reajuste. 


Para Amílcar Silveira, que atualmente preside a Faec, os impactos na agricultura também serão sentidos. O agropecuarista explica que se o aumento for, de fato, efetivado, os consumidores podem enfrentar até 15% de aumento nos produtos agrícolas. "Não é admissível. Os perímetros irrigados fazem uso intenso de energia. E, mesmo sem reajuste, a experiência não tem sido positiva. No ano passado, tivemos quase 15 mil produtores sofrendo com cobranças indevidas", lamenta.


Entenda o caso


A Aneel autorizou, na última terça-feira (19), um reajuste médio de 24,88% nas tarifas de energia elétricas cobradas pela Enel no Ceará. A distribuidora alega que o reajuste é causado por defasagens, já que não teria repassado a elevação de custos nos últimos dois anos para os consumidores buscando amenizar os impactos da pandemia da covid-19 sobre os cearenses. O valor em questão é o triplo da inflação no período.


SERVIÇO

Audiência Pública sobre o reajuste tarifário na energia cearense

Dia: 29.04

Horário: 9 horas

Auditório da Fecomércio-CE (Rua Pereira Filgueiras, 1070 – Aldeota)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CARIRI GARDEN SHOPPING

  Para evitar aglomeração e atender a todos que buscam garantir as compras do Natal, as lojas âncoras (C&A, Riachuelo, Renner, Marisa e Americanas) do Cariri Garden Shopping funcionarão com horário diferenciado ao longo da semana. De hoje, 20 de dezembro, até o dia 23, o horário de funcionamento seguirá até às 23h.  Já o Mercadinho São Luiz, estará aberto ao publico nos dias 22 e 23, até às 23h.