Pular para o conteúdo principal

Câmara concede o Título de Cidadã de Fortaleza à jornalista Maisa Vasconcelos

 

A Câmara Municipal de Fortaleza em sessão solene realizada nesta quarta-feira (25/05), fez a entrega do Título de Cidadã Honorária de Fortaleza à jornalista Maisa Vasconcelos. A comenda foi proposta pelo Decreto Legislativo 946/21, de autoria do vereador Guilherme Sampaio (PT) e aprovada por unanimidade pelo plenário da Casa Legislativa.

O Propositor da honraria, vereador Guilherme Sampaio, enalteceu a trajetória da jornalista Maisa Vasconcelos em prol da comunicação cearense e no qual transita em muitos lares levando informações para os fortalezenses. “Maisa é a expressão maior de um estilo que marcou uma nova geração de programas de tv e rádio”, disse.

Guilherme ainda enalteceu que conceder o título de cidadã de Fortaleza a Maisa Vasconcelos, em tempos de Fake News e ataques a liberdade de imprensa e aos profissionais de comunicação representa um gesto político de grande importância. “Reconhecer a cidadania da Maisa é homenagear o legado de sua trajetória profissional e significa afirmar categoricamente a importância fundamental do bom jornalismo para a consolidação de uma sociedade democrática”, disse.

A homenageada destacou com alegria à horaria concedida pelo parlamento municipal e de poder desfrutar o momento na companhia de cada presente na solenidade. “Receber esse reconhecimento, o Título de Cidadã de Fortaleza, às vésperas de inteirar 60 anos vividos sob o sol dos nossos “verões em chamas”, tem um significado muito especial. É um privilégio, dentre tantos que usufruo, ter Fortaleza como a casa que habito desde sempre. Fortaleza é a cidade que habita em mim”, pontuou.

Maisa ainda agradeceu aos seus familiares e a todos os amigos que conquistou ao longo de sua carreira no jornalismo cearense. “Minha gratidão a cada profissional com quem pude caminhar junto até aqui: produtores, diretores, operadores de áudio, técnicos de som e de imagem, cinegrafistas, redatores, editores, maquiadores, designers, zeladores, fotógrafos, motoristas, figurinistas, programadores e a cada um e cada uma que tornou essa jornada mais rica e mais alegre”, finalizou.

A Mesa de honra da solenidade foi composta pelas seguintes autoridades: vereador Guilherme Sampaio (PT); ex-prefeita de Fortaleza, Maria Luiza Fontenele; Diretor da Associação Cearense de Imprensa, jornalista Helly Pinheiro; Jornalista Nonato Albuquerque; vereadora Adriana Nossa Cara (Psol); Coordenador de Imprensa do Governo do Estado do Ceará, Ciro Câmara; José Airton Boris, diretor social do CDL e o vereador Gabriel Aguiar (Psol).

Perfil da homenageada

Maisa Vasconcelos é natural de Matinhas, localidade do distrito de Assunção, no município de Itapipoca. Jornalista com mais de 30 anos de atuação na comunicação cearense, a comunicadora consolidou sua carreira após conduzir por 16 anos o programa “Na Boca do Povo” da TV Jangadeiro, uma das atrações mais longevas da história da televisão cearense.

Antes ser comunicadora, foi professora, artesã e produtora cultural. Como jornalista trabalha atualmente na Rádio O Povo comandando os programas “O Povo da Tarde” e o noticiário “O Povo na Rádio”. Maisa ainda tem atuação na mídia impressa e mídias sociais.

O Título de Cidadania é uma das principais honrarias concedidas pela Câmara Municipal de Fortaleza e tem como objetivo reconhecer personalidades nascidas em outros municípios que tenham relevantes serviços prestados à comunidade ou tenham se destacado pelo desempenho na vida pública ou privada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que