Pular para o conteúdo principal

Empreendedora Carol Mello aborda a importância de conexões entre mulheres na Ceará Gera Negócios




No cenário em que as mulheres continuam em desvantagens, mesmo representando 52,2% (109,4 milhões) da população residente no Brasil – dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE-2021), as conexões precisam ser fortalecer cada vez mais. Na locação de capital, as startups fundadas exclusivamente por mulheres receberam apenas 0,04% dos financiamentos. Na área de inovação, elas somam menos de 10% neste mercado tão promissor. O índice só é superior, 55% de acordo com uma pesquisa realizada pela Global Entrepreneurship Monitor 2020 (GEM), quando diz respeito às empreendedoras que criaram seus negócios como forma de sobrevivência.


Com o propósito de contribuir para que esses índices melhorem, a empreendedora e presidente do Conselho Nacional de Mulheres Empreendedoras e Inspiradoras ELOS POR ELAS, Carol Mello, foi a palestrante convidada desta quinta-feira (19), da Feira de Multinegócios e Empreendedorismo do Cariri – Ceará Gera Negócios. Para o público presente no Centro de Eventos do Cariri, ela abordou o tema “Relacionamentos e Conexões para Gerar Networking de Referência”. Inquieta e apaixonada por construir marcas com vida, emoção e significado, a empreendedora de 42 anos é coautora do livro “O que aprendi com a pandemia?”, que trata o tema de forma leve, bem-humorada e com bastante conteúdo.


Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, Carol Mello está sempre em busca de novos conhecimentos e atenta a ampliar a rede de conexões, fazendo que mais mulheres possam movimentar entre si os seus negócios e ainda indicar para outras pessoas. Mas, infelizmente, ainda têm muitas mulheres que não estão se conectando, seja por não ter tanta intimidade com as redes sociais – hoje em dia, é fundamental entender como utilizar esta ferramenta -, ou mesmo por ainda ver em outra mulher uma concorrência. “Para crescermos, precisamos estar unidas. Uma apoiando a outra. E as redes sociais são as grandes aliadas para as empreendedoras”, reforça.


“É preciso observar, também, como se deu o empreendedorismo na vida de uma mulher. Aquelas que procuraram abrir os seus negócios por necessidade, muito provavelmente encontrarão vários obstáculos no caminho e precisarão do incentivo do poder público para deixar apenas de sobreviver e passar a empreender”, observa Carol Mello. No caso de outras mulheres que já possuem a veia empreendedora, o seu conselho é criar relacionamentos e conexões para gerar networking de referência. Por sinal, esse é o tema da sua palestra e promete ser bastante incentivadora.

Sobre Carol Mello


Como diretora Administrativa Financeira na HS Tecnologia, é responsável pelas atividades dos setores Administrativo (compras, pessoal, contabilidade, jurídico e financeiro), RH (contratações, gestão de benefícios e apoio ao colaborador), Marketing (endormaketing e comercial). Além de sócia da Reimagine Comunicação, fundou no início deste ano o Conselho Nacional de Mulheres Empreendedoras e Inspiradoras - ELOS POR ELAS, sendo a atual presidente. No seu currículo, conta ainda, diversas atuações em posições de liderança: presidente da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação no CE (Assespro); presidente da Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza (AJE-Fortaleza); vice-presidente do Sindicato das Empresas de Tecnologia da Informação do CE (Seitac); diretora de Comunicação da Confederação Nacional de Jovens Empresários (CONAJE); presidente do Bloco Mercosul de Jovens Empresários; e presidente do Conselho Consultivo da AJE-CE (cargo que foi encerrado neste dia 18 de maio, durante a solenidade de posse da nova diretoria executiva para o ano de 2022, na sede da Federação das Indústria do Estado do Ceará (Fiec).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que