Pular para o conteúdo principal

Aprendizes-Musicalizando amplia atuação em Aquiraz



Além do povo originário Jenipapo-Kanindé, a comunidade quilombola da Lagoa Ramo é uma das novas beneficiadas pelas atividades do projeto, bem como o distrito de Machuca; ao todo, a iniciativa atende 230 alunos.


O projeto Aprendizes-Musicalizando, que iniciou suas atividades em abril na comunidade indígena Jenipapo-Kanindé, com um grupo de 50 alunos, amplia sua atuação no município de Aquiraz em outras duas localidades. As ações levam oficinas de musicalização para crianças, jovens e adultos. As comunidades do Machuca e Lagoa do Ramo, cada uma atendendo 150 e 30 alunos, respectivamente, fazem parte do planejamento pedagógico do Aprendizes-Musicalizando, cujo intuito é democratizar o acesso a atividades culturais por meio da música. 

Além do povo originário Jenipapo-Kanindé, agora o projeto também contempla a Lagoa do Ramo, quarta localidade reconhecida pela Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no Ceará (Incra/CE) como remanescente de quilombos, em 2009. Foi mapeada a existência de 137 famílias descendentes de quilombos no território. 


O projeto oferece oficinas de Luteria, Percussão e Canto-Coral, sob a coordenação pedagógica do Mestre Fernando Sardo. O luthier, compositor e músico integra em seu trabalho a música, a luteria e as artes plásticas, e cria instrumentos musicais, de cordas, sopros e percussão, esculturas sonoras, instalações sonoras e parques sonoros. Em seus cursos, Sardo tem como foco estimular a criatividade na construção de instrumentos musicais com o uso de matérias-primas alternativas, tornar essa prática mais acessível e incentivar a educação ambiental, relacionando arte e ecologia. É também diretriz do seu trabalho incentivar a criação e a composição musical.


O Aprendizes-Musicalizando é uma realização do Ministério da Cidadania através da Lei Federal de Incentivo à Cultura (8.313/91), com apresentação da Vestas, patrocínio do Grupo Carrefour Brasil, apoio cultural da Muda Cultural, produção local da Tapera das Artes, gestão e produção da Rhadar Cultural.


Mais sobre o Aprendizes-Musicalizando:


O Aprendizes-Musicalizando propõe a realização de um calendário anual com oficinas e atividades relacionadas à música instrumental e erudita, visando o desenvolvimento sociocultural da população por meio da economia criativa e da conscientização sobre a reutilização de materiais de descarte. Estão previstas atividades culturais durante o calendário de execução do projeto: workshops (oferecidos por músicos convidados sobre determinado tema dentro do universo musical), luteria (com exposição e atividades sobre construção artesanal de instrumentos), oficinas (oferecidas semanalmente, sendo abertas e livres a todos os matriculados no projeto), apresentação musical de encerramento e uma ação de contrapartida social. Todas as atividades do projeto serão gratuitas e estarão abertas a toda população.


Sobre a Vestas


A Vestas é o parceiro global da indústria de energia em soluções de energia sustentável. Projetamos, fabricamos, instalamos e fazemos manutenção de turbinas eólicas onshore e offshore em todo o mundo e, com mais de 151 GW de turbinas eólicas em 86 países, instalamos mais energia eólica do que qualquer outra empresa. Por meio de nossos recursos de dados inteligentes líderes do setor e mais de 129 GW de turbinas eólicas em serviço, usamos dados para interpretar, prever e explorar recursos eólicos e fornecer as melhores soluções de energia eólica. Juntamente com nossos clientes, os mais de 29.000 funcionários da Vestas estão trazendo ao mundo soluções de energia sustentável para impulsionar um futuro brilhante.


Sobre o Grupo Carrefour Brasil  


Há mais de 46 anos no país, o Grupo Carrefour Brasil é líder de mercado de distribuição de alimentos. A partir de uma plataforma omnicanal e multiformato, reúne operações de varejo e Cash & Carry, além do Banco Carrefour e de sua divisão imobiliária, o Carrefour Property. Atualmente, conta com os formatos Carrefour (hipermercado), Carrefour Bairro e Carrefour Market (supermercado), Carrefour Express (varejo de proximidade), Carrefour.com (e-commerce), Atacadão (atacado e atacado de autosserviço), além de postos de combustíveis e drogarias. Presente em todos os Estados e Distrito Federal, sua operação já abrange 779 pontos de vendas. Com faturamento de R$ 81,2 bilhões em 2021 e mais de 100 mil colaboradores no Brasil, a empresa é a segunda maior operação dentre os países nos quais o Grupo Carrefour opera. A companhia se destaca ainda por ser uma das maiores empregadoras privadas do país e uma das 20 maiores empresas listadas na bolsa brasileira (B3). Além disso, tem focado em democratizar cada vez mais o acesso da população à alimentação saudável, promovendo o movimento Act For Food. No mundo, o Grupo Carrefour atua em mais de 30 países e, nos próximos anos, implementa estratégia prevista no plano Carrefour 2022, por meio da qual lidera intenso movimento de omnicanalidade, transformação digital e transição alimentar para que seus clientes consumam ainda melhor em qualquer lugar. Com mais de 320 mil colaboradores e 12 mil lojas espalhadas pela Europa, Ásia e América Latina, está presente na vida de mais de 105 milhões de clientes. Em 2021, a receita global da companhia totalizou € 81,2 bilhões. Clique aqui e conheça mais sobre o Grupo. 


Mais sobre a Muda Cultural:  http://mudacultural.com.br/    

Mais sobre a Rhadar Cultural: http://rhadarcultural.com.br/

Mais sobre a Tapera das Artes: https://www.taperadasartes.org.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que