Pular para o conteúdo principal

Assembleia entrega Medalha Humberto Teixeira ao cantor cearense Ednardo

 Assembleia entrega Medalha Humberto Teixeira ao cantor cearense Ednardo

Foto: Marcos Moura
A Assembleia Legislativa realizou, nesta segunda-feira (13/06), sessão solene, no Plenário 13 de Maio, para a entrega da Medalha Humberto Teixeira ao cantor e compositor cearense Ednardo.

O deputado Renato Roseno (Psol), presidente da  Comissão de Direitos Humanos e Cidadania (CDHC) e da Frente Parlamentar em Defesa da Cultura da Alece, autor do requerimento para a homenagem, destacou o papel do artista na música cearense. “Essa homenagem representada em Ednardo é um ato de reconhecimento a toda uma geração que deita raízes e lança sementes para a produção musical não só cearense, mas brasileira”, afirmou.

O parlamentar acrescentou que Ednardo e a geração que ficou conhecida como Pessoal do Ceará, são do Ceará, são do Brasil e são do mundo porque souberam fazer o que é de melhor na música. “As letras de Ednardo sintetizam o local e o universal, o rural e o urbano, o que é urgente o que é perene. Em Ednardo estamos agraciando toda essa geração”, pontuou.

Mesmo afirmando não ser muito de fazer discursos, pois se sente melhor fazendo poesia e música, Ednardo agradeceu pelo reconhecimento de sua obra ao longo desses 50 anos de carreira e disse estar bastante emocionado pela homenagem  tão significativa vir com a denominação do grande artista cearense Humberto Teixeira. “Todos olhamos essa terra ardendo qual fogueira de São João e essa terra continua ardendo em tantos fogos diversos, mas nós precisamos acertar o passo para que nos tratem com a dignidade que merecemos”, declarou.

Ednardo ressaltou ainda que mesmo estando “tanto tempo fora da minha terra eu nunca sai dela”. “Eu carreguei o Ceará através de minha música e do meu respeito que são minhas coordenadas existenciais. Que Humberto Teixeira  me abençoe com a capacidade de defender o Nordeste, o Brasil e nosso mundo”, disse.

A solenidade contou com apresentações da cantora Luana Floretino, que interpretou a música “Terral”; Lúcio Ricardo, “Flora”; e Mona Gadelha cantou “Ingazeira”. Já Calé Alencar apresentou uma música que compôs em homenagem a Ednardo.

Também participaram da sessão solene, o procurador Geral de Justiça, Manuel Pinheiro Freitas, representando o Ministério Público do Ceará; o secretário do Meio Ambiente do Estado do Ceará, Artur Bruto; o secretário de Cultura de Fortaleza, Elpídio Nogueira; advogado e ex-deputado João Alfredo; os músicos Robson Gomes e Alan Kardec, entre outros artistas, além de representantes do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Ceará, do Movimento Aparecidos Políticos, professores e professoras universitárias e da secretaria de Educação do Ceará, amigos e familiares do homenageado.

CARREIRA

José Ednardo Soares Costa Sousa iniciou a carreira em Fortaleza na década de 1970, juntamente com outros artistas como Belchior, Rodger Rogério, Téti e Amelinha, num movimento que ficaria conhecido nacionalmente como “Pessoal do Ceará”. Ao longo de 50 anos de carreira, lançou 14 álbuns e compôs mais de 300 músicas. Atuou também no cinema e no teatro, onde compôs inúmeras trilhas sonoras.

Em 1979, foi protagonista do movimento “Massafeira Livre”, que reuniu vários artistas cearenses no Theatro José de Alencar, onde foi gravado o disco homônimo, até hoje um dos mais importantes registros da música cearense.

Entre os maiores sucessos de Ednardo, estão canções como “Terral”, “Pavão Mysteriozo”, “Artigo 26”, “Carneiro”, “Beira Mar”, “Enquanto Engomo a Calça” e tantos outros.  Suas músicas foram interpretadas por vários cantores da MPB, como Elba Ramalho, Ney Matogrosso, Amelinha, Vânia Abreu, além de outros.

A Medalha Humberto Teixeira instituída pela lei nº 12.496, sancionada e promulgada pelo então governador Tasso Jereissati, é destinada a agraciar artistas que haja se destacado com o melhor trabalho nas áreas musical e/ou literária.  

WR/AT

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que