Pular para o conteúdo principal

Tapera das Artes promove arraial solidário em Aquiraz



Nos dias 23 e 24 de junho, a partir das 17h, a Tapera das Artes, em Aquiraz, irá realizar um Arraial Solidário com comidas típicas, quadrilha, música ao vivo e muito mais! Entre as atrações confirmadas estão o grupo Catabum e o trio pé de serra Tapera das Artes. Toda a verba arrecadada será utilizada na manutenção das atividades pedagógicas da Tapera das Artes e do Instituto Sons da Vila. O evento será na Praça do Centro Cultural Tapera das Artes (Rua Antônio Gomes dos Santos, S/N, Centro de Aquiraz). Entrada gratuita. 


A Tapera

A Associação Tapera das Artes surgiu em 06 de junho de 1983, com a finalidade de prestar serviços dedicados a terceira idade. Em 1996 direcionou suas atividades para projetos culturais voltados ao desenvolvimento social de crianças, adolescentes e jovens oriundos de famílias de baixa renda, através de programas específicos de Educação para a Arte. Em 1998, centrou suas ações no ensino de pífano para um grupo inicial de crianças e adolescentes, em sua maioria filhos de comerciantes, caseiros, pescadores e rendeiras domiciliados nas adjacências do distrito de Tapera. O sucesso que o programa gerou na comunidade possibilitou em pouco tempo a sua expansão, propiciando nos anos seguintes a inclusão de novas ações educativas, com atividades voltadas para o desenvolvimento de diversas atividades artísticas, culminando a formação de vários grupos musicais como: Banda de pífanos “Girassol”, Grupo de Pagode “Sementes da Terra”, Grupo de chorinho “Feijão de Corda” e Grupo de Forró “Natureza do Forró” , o Espetáculo “Sons e Sonhos”, e a Orquestra Bachiana Jovem de Aquiraz.


Em 2002, a Tapera das Artes realizou o mapeamento Cultural da cidade de Aquiraz, com o levantamento de todas as Manifestações Artísticas, Religiosas e Etnográficas. culminando nos anos subseqüentes na produção de livro didático, um documentário sobre a história de Aquiraz,, a gravação do CD de Tradições Orais e o CD da Dança do Côco, Imagens do Imaginário, Histórias da Primeira Capital, as animações das lendas realizadas pelo NACTA (núcleo de Animação e Cinema e Tecnologia da Tapera das Artes) e o Memorial do povo de Aquiraz.


Desde 2009 no Teatro da ONG, construído com apoio de BNDES, diversas programações artísticas são realizadas,como o Festival Internacional 7Sóis e 7Luas, rede de intercâmbio cultural, presente em 32 cidades do mundo lusomediterrâneo.


Em 2012 a Tapera das Artes iniciou a parceria com a Fundação Bachiana de São Paulo e com o apoio do Maestro João Carlos Martins protagonizou a viabilização de uma Orquestra Bachiana Jovem em Aquiraz, e no ano de 2013 a ONG iniciou, com o apoio da Petrobrás novo programa voltado de musicalização e capacitação em artes visuais, atendendo a um público de 458 crianças, adolescentes e jovens do município de Aquiraz e adjacências. E a sua história continua, fazendo valer a vida de muitos, agora, tendo como fonte a experiência dos seus 30 anos de existência, organiza-se para o cumprimento de mais uma meta, com realização do referencial pedagógico da Instituição, a ser construído com a orientação do maestro Ênio Antunes, autor também da metodologia “ A La Corda “adotada no projeto de musicalização da Fundação Bachiana, que poderá ser replicado por outras instituições de ensino de música pelo nosso pais. É a Tapera das artes, eternizando-se na memória de todos aqueles seres, privilegiados com a oportunidade de toques sublimes com a arte, amante da vida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que