Pular para o conteúdo principal

Cearenses garantem vaga em decisão nacional do maior campeonato de Breaking do mundo

 

Em dia cheio de batalhas, Fortaleza recebeu seletiva nacional do Red Bull BC One. Agora, classificados focam na final, em São Paulo

Na categoria masculina, o cearense Fly Jan conquistou o primeiro lugar da competição (Crédito: Bruno Terena/ Red Bull Content Pool)

O clima está esquentando! Com quase vinte anos de tradição, o Red Bull BC One, maior competição de Breaking do planeta, passou por Fortaleza no último sábado (16) para uma das qualificatórias regionais, as chamadas Cyphers. Em dia cheio de batalhas, o B-Boy cearense Fly Jan subiu ao lugar mais alto do pódio, seguido pelo recifense Flash. Na categoria feminina, a paraibana Pekena levou a melhor, seguida da segunda colocada, B-Girl Karolzinha, de Fortaleza. 


Com mais de uma década de relação com o Breaking, Karolzinha começou a treinar em 2011, aos 14 anos, e já havia sido finalista da competição em 2021. "Esse ano a minha expectativa é realmente conquistar o primeiro lugar. Estou treinando bastante para representar o Brasil em Nova Iorque", conta a B-Girl que faz parte da primeira convocação da Seleção Nacional de Breaking, ao lado dos também classificados, Pekena e Flash. Já Fly Jan, participará da decisão do evento pela primeira vez: “Pretendo mostrar todo o meu talento e dar bastante trabalho na competição”, afirma.

E MAIS:

> Quer se aprofundar no mundo do breaking? Confira a sequência de conteúdos 'Tudo sobre Breaking'

Na capital cearense, os breakers passaram pelo crivo de um júri de peso, composto por PelezinhoAranha e Thaisinha, que avaliaram fatores como criatividade, originalidade, dinâmica, combinações de movimentos e musicalidade. A competição funciona em formato 1x1, com duas a três entradas dos dançarinos em cada round. As apresentações levam de 30 segundos até 1 minuto, a depender da estratégia adotada pelo participante em cada um dos momentos. Após a passagem por Curitiba (PR) e Fortaleza (CE), o evento segue para Brasília (DF) e São Paulo (SP), que, além da Cypher paulista, sediará também a decisão nacional, que reúne os melhores nomes que venceram em cada localidade.


Neste ano, o evento ainda conta com um ‘mini festival’ de celebração da cultura hip hop. Em São Paulo, paralelamente à Cypher e Final Nacional, acontece também o Red Bull BC One Camp, entre os dias 29 e 31 de julho. Com três dias de programações especiais, o público poderá vivenciar uma imersão ao mundo do breaking por meio de workshops, apresentações, oficinas de danças e batalhas de exibição, com grandes nomes nacionais e internacionais da modalidade.

 

Fique de olho nas datas!

Em 2022, o Red Bull BC One conta com Cyphers Regionais, Final Nacional e Final Mundial, além do Red Bull BC One E-Battle e do Red Bull BC One Camp. Confira, abaixo, as principais datas para não perder nada do evento:


23/07: Cypher Brasília

29/07: Cypher São Paulo 

29, 30 e 31/07: Red Bull BC One Camp - São Paulo

31/07: Final Nacional - São Paulo

12/11: Final Mundial - Nova Iorque (EUA)


Para mais informações, acesse redbull.com/bcone-br.

 

Conheça o Red Bull BC One:

O Red Bull BC One é a maior competição individual do mundo entre B-Boys e B-Girls. Criado em 2004, o evento de breaking é realizado em diversos países, onde a cada ano milhares de dançarinos competem em batalhas regionais, as chamadas Cyphers. Após essa primeira fase, os melhores B-Boys e B-Girls se enfrentam na final nacional do evento que, neste ano, ocorre em julho na cidade de São Paulo. Os vencedores dessa etapa (um de cada categoria) carimbam o passaporte à Nova Iorque e disputam a Last Chance Cypher, antes de garantirem uma vaga na final mundial, que acontece no dia 12 de novembro. A grande decisão funciona no formato mata-mata, no qual os participantes dançam em frente a um painel formado por cinco jurados e têm suas habilidades avaliadas. Vale tudo para impressionar: técnica, criatividade e simpatia. Quem for melhor em todos os requisitos e conquistar os juízes, vence.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que