Pular para o conteúdo principal

Prefeitura realiza o 1º Pedal do Orgulho LGBT para levar diversidade às ruas de Fortaleza

 A Prefeitura de Fortaleza realiza, no próximo domingo (10/07), a primeira edição do Pedal do Orgulho LGBT. A ação tem como objetivo dar visibilidade à luta pela igualdade de direitos da comunidade e pelo reconhecimento da diversidade sexual.

O evento, parte da programação da Ciclofaixa de Lazer, é promovido pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) em conjunto com a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual, vinculada à Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) e o coletivo Mães da Resistência. A ação integra a campanha “90 Dias pelo Orgulho LGBT em Fortaleza! LGBTfobia é crime no Brasil! Não pratique, não aceite, denuncie!”. A campanha, criada pela Prefeitura, juntamente com o Conselho Municipal de Promoção dos Direitos LGBT e o Centro de Referência LGBT Janaína Dutra, conta também com a parceria de organizações da sociedade civil e entidades governamentais.

Os participantes do pedal devem se concentrar a partir de 7h da manhã na Cidade da Criança, um dos pontos de apoio do tradicional evento ciclístico. No local, haverá diversas atividades para os participantes, como aluguel de bikes e distribuição de plaquinhas que incentivam o respeito aos ciclistas.

O evento também será marcado pela solidariedade. A população poderá doar na Cidade da Criança alimentos não perecíveis que serão destinados para a Outra Casa Coletiva e para a Casa Transformar, instituições de acolhimento para pessoas LGBT em situação de vulnerabilidade social de Fortaleza. O Centro de Referência LGBT Janaína Dutra também estará presente prestando informações sobre direitos da comunidade e promovendo uma ação de adesivação com as cores do arco-íris.

Haverá ainda uma feira com diversos produtos a fim de promover um espaço para valorizar e reconhecer o potencial empreendedor da comunidade LGBT.

Percurso

Após a concentração, o passeio seguirá a partir de 7h30 por 8,3 km pela Rua Pinto Madeira, Rua Carlos Vasconcelos, Av. Beira-Mar, Avenida Abolição, Av. Pessoa Anta, Av. Alberto Nepomuceno e rua Sena Madureira.

Ao longo do percurso, os ciclistas contarão com o suporte de agentes da AMC, da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e da Guarda Municipal.

Leve sua bike e suas cores

O 1º Pedal do Orgulho LGBT é aberto para a participação de todos os interessados, de amantes de bike e da prática do esporte à comunidade LGBT, familiares e apoiadores. O coordenador do Núcleo de Gestão Cicloviária da AMC, Gustavo Pinheiro, destaca que a iniciativa ratifica o compromisso da Ciclofaixa de Lazer, iniciada há quase oito anos, com a diversidade de gênero, racial e cultural. “Além de estimular a saúde e promover o bem-estar e a qualidade de vida, a Ciclofaixa de Lazer também cria uma atmosfera livre de qualquer preconceito”, destaca.

O município de Fortaleza é hoje referência em nível nacional e internacional com relação à legislação LGBT. Para a coordenadora da Diversidade Sexual da Prefeitura de Fortaleza, Labelle Silva Rainbow, o passeio ciclístico é uma forma de evidenciar a busca por respeito aos direitos da população LGBT.

“É uma forma de mostrar o compromisso com o combate à LGBTfobia, levando o debate e mostrando o nosso enfrentamento de uma forma diferente, não apenas por meio de formações e oficinas como fazemos cotidianamente. É uma estratégia de colocarmos o nosso amor, o nosso orgulho, na luta por respeito, por cidadania e vida digna na cidade de Fortaleza”, ressalta.

A ação também evidencia, além do respeito à orientação sexual e identidade de gêneros, a união das famílias na defesa de direitos. “O pedal também vai dar maior visibilidade às famílias LGBT e mostrar como somos orgulhosos dos nossos filhos”, destaca Gioconda Aguiar, coordenadora do coletivo Mães da Resistência.

Serviço
1º Pedal do Orgulho LGBT
Data: 10/07 (domingo)
Horário da concentração: 7h
Local: Cidade da Criança

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que