Pular para o conteúdo principal

Vítimas de tragédias esperam cobranças ao Brasil após audiência na OEA Episódios geraram mais de 500 mortos e centenas de desabrigados

  O pedido para que o Brasil seja cobrado a apresentar respostas no âmbito judicial e legislativo deu o tom das intervenções das vítimas de tragédias que participaram da audiência realizada na sexta-feira (12) pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), vinculada à Organização dos Estados Americanos (OEA). Na ocasião,   estiveram em pauta cinco episódios : os rompimentos das barragens em Mariana (MG) e em Brumadinho (MG), os incêndios da Boate Kiss e o Ninho do Urubu e o afundamento de bairros em Maceió. Essas tragédias, que juntas geraram mais de 500 mortes e deixaram centenas de feridos e desabrigados, são decorrentes da exploração de atividades econômicas privadas e, até o momento, não resultaram em nenhuma responsabilização na esfera criminal. O assunto foi discutido no 190º Período de Sessões, que teve início no dia 8 de julho e se encerra na próxima sexta-feira (19). Nessa fase, a CIDH realiza ao todo 34 audiências públicas. O propósito é receber informações sobre a

Fisioterapeuta alerta para os riscos do uso de andador para bebês

 



 

Sociedade Brasileira de Pediatria é contra o uso, há quase uma década, do uso de andador por crianças por risco de acidentes e sequelas motoras

 

Há quase uma década, a Sociedade Brasileira de Pediatria tem se posicionado contra o uso de andadores por crianças, no Brasil. Ainda assim, muitas famílias ainda insistem no uso do equipamento. A fisioterapeuta e professora do Instituto de Educação Médica (Idomed), Cláudia Maturana, explica que acidentes envolvendo crianças, infelizmente, são comuns e são um problema de saúde pública por serem a principal causa de morbimortalidade infantil.

 

“Os riscos dos bebês usarem andador são inúmeros, como tropeços, quedas de escadas causando traumatismos cranianos, contato com fornos quentes e chamas acesas nos fogões e outros acidentes”, elenca a fisioterapeuta.

 

Cláudia Maturana explica que um dos motivos da não necessidade de crianças usarem o andador na fase do aprendizado da  marcha é que o desenvolvimento motor infantil ocorre naturalmente, necessitando apenas de oportunidades, como locais seguros para os pequenos se movimentarem e estímulos através de brinquedos ou brincadeiras, por exemplo.

 

Estimulação

 

Para as famílias com bebês, a orientação da professora do Idomed é que as crianças sejam estimuladas a se movimentarem no chão, na posição decúbito ventral (barriga para baixo), nos horários em que estão sem sono e sem fome. A estimulação deve ocorrer em períodos curtos de tempo, que podem ser ampliados conforme os progressos ocorrerem.

 

“As crianças vão ganhando força na musculatura das costas para permanecerem sentadas sem apoio, posteriormente, passam para a posição de gato e começam a engatinhar - que é a fase de maior treinamento da força muscular e coordenação motora. Logo após, a própria criança irá se segurar nos móveis, ficar em pé e iniciar os primeiros passos naturalmente”, explica Cláudia.

 

Sequelas motoras

 

Como dito anteriormente, além de comprometer o sistema motor das crianças e  acarretar sequelas motoras provenientes de lesão cerebral por traumatismo craniano causado por quedas, por exemplo, as crianças podem desenvolver a marcha na ponta dos pés e a falta de equilíbrio e de coordenação motora para permanecerem em pé.

 

Sobre o andador de empurrar, a fisioterapeuta explica que também é totalmente dispensável. “A criança não necessita de nenhum equipamento para estimular a marcha. Este processo ocorre de forma natural, com estímulos e espaço seguro nas casas. Os andadores de empurrar também devem ser evitados, pois contém rodinhas, o que possibilita um deslocamento abrupto e muito rápido, dificultando o equilíbrio das crianças”, destaca a professora.

 

A orientação é que os pais deixem a criança livre, no chão, engatinhando ou dando os primeiros passos com apoio de adultos ou até passando de um móvel a outro. “A natação também pode ajudar nessa fase, pois promove estimulação motora favorável, trabalhando a coordenação motora, o equilíbrio e a força muscular”, finaliza a fisioterapeuta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.