Pular para o conteúdo principal

Vítimas de tragédias esperam cobranças ao Brasil após audiência na OEA Episódios geraram mais de 500 mortos e centenas de desabrigados

  O pedido para que o Brasil seja cobrado a apresentar respostas no âmbito judicial e legislativo deu o tom das intervenções das vítimas de tragédias que participaram da audiência realizada na sexta-feira (12) pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), vinculada à Organização dos Estados Americanos (OEA). Na ocasião,   estiveram em pauta cinco episódios : os rompimentos das barragens em Mariana (MG) e em Brumadinho (MG), os incêndios da Boate Kiss e o Ninho do Urubu e o afundamento de bairros em Maceió. Essas tragédias, que juntas geraram mais de 500 mortes e deixaram centenas de feridos e desabrigados, são decorrentes da exploração de atividades econômicas privadas e, até o momento, não resultaram em nenhuma responsabilização na esfera criminal. O assunto foi discutido no 190º Período de Sessões, que teve início no dia 8 de julho e se encerra na próxima sexta-feira (19). Nessa fase, a CIDH realiza ao todo 34 audiências públicas. O propósito é receber informações sobre a

SP: tempestade em Franco da Rocha deixa alagamentos na cidade

 As ruas de Franco da Rocha, na região metropolitana de São Paulo, ficaram alagadas entre a noite de quarta-feira (4) e a madrugada desta quinta-feira (5) depois que uma tempestade atingiu o município. Segundo a prefeitura da cidade, foram registrados 88mm de chuva nas últimas 12h e não houve vítimas ou desabrigados.

A prefeitura informou que as equipes estão nas ruas desde às 6h da manhã atuando na limpeza das vias afetadas pelos alagamentos e que os terminais de ônibus e trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) estão funcionando normalmente. 

A Defesa Civil Municipal está realizando vistorias e acompanhando as solicitações dos moradores. Até o momento, informou a prefeitura em nota, foram feitas três interdições totais e quatro interdições parciais.  Os moradores que precisarem solicitar vistoria da Defesa Civil, podem acionar o serviço pelos telefones 4800-6658 e 4800-6659 ou também preencher o formulário online: Represa do Juqueri, localizada em Franco da Rocha, está operando dentro da cota de segurança 

A Represa Paulo de Paiva Castro, também conhecida como Represa do Juqueri, localizada em Franco da Rocha, está operando dentro da cota de segurança, informou a prefeitura. A Represa Paiva Castro faz parte do Sistema Cantareira que abastece a Grande São Paulo.

Caieiras

A cidade de Caieiras, também na região metropolitana de São Paulo, registrou até o momento 90 mm de chuva, com períodos de chuva intensa desde a tarde de quarta-feira (4). Os pontos de alagamento em Caieiras foram as ruas da região central e um trecho da Rodovia Tancredo de Almeida Neves, em decorrência do transbordamento do Rio Juquery. 

Todos os pontos foram liberados às 10h da manhã de hoje, até o momento estão fazendo limpeza dos locais, que ficaram com excesso de lama trazida pelo rio, informou a prefeitura em nota. 

Dentre as ocorrências, foram registradas 14 solicitações de atendimento e 16 vistorias. A equipe da Defesa Civil fez o acompanhamento de todas as solicitações e não registrou nenhum caso grave ou vítimas em consequência das fortes chuvas.

A prefeitura informou ainda que em dezembro de 2022 foi realizado o início da Operação Verão em Caieiras, organizada pela Defesa Civil Municipal. A equipe passou por treinamento especial para lidar com o período de fortes chuvas nas regiões e monitoramento das áreas sujeitas a alagamento.

Segundo a prefeitura, até o momento não houve vítimas ou desabrigados. “Em casos de solicitações de perda de imóveis e desabrigamentos por conta das chuvas, a Defesa Civil realiza uma parceria de acompanhamento com a Secretaria de Desenvolvimento Social, para atender essas possíveis futuras ocorrências. A assistência oferecida vai da limpeza das casas afetadas por água e lama, e também consiste na oferta de proteção social por meio de abrigamento provisório, às famílias e indivíduos atingidos por situações de calamidade pública que tiverem perdas parciais ou totais de moradia. Também é realizado o auxílio, pós ocorrência, se for necessário, na recuperação de documentos pessoais”, finalizou a nota da prefeitura.

Matéria atualizada às 14h51 para acréscimo de informações referentes às chuvas na cidade de Caieiras.

Edição: Maria Claudia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.