Pular para o conteúdo principal

No oeste catarinense, PRF e Polícia Militar de Santa Catarina encontram 52 kg de cocaína e crack em carreta com donativos para o Rio Grande do Sul

  Na manhã deste sábado (18) uma ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar Rodoviária de SC (PMRv) no oeste catarinense localizou cerca de 52 quilos de cocaína e um quilo de crack em uma carreta que seguia com donativos para o Rio Grande do Sul. Após troca de informações, as duas forças de segurança interceptaram o veículo na rodovia estadual SC-480, município de São Domingos/SC no oeste catarinense. A droga estava no interior do estepe. Os policiais usaram ferramentas para abrir o pneu, onde encontraram dezenas de tabletes de cocaína e crack.   A carreta, com placas de Cascavel (PR), transportava aproximadamente 20 toneladas de donativos, arrecadados de forma correta pela Defesa Civil, no Paraná. O veículo trafegava com credencial de ajuda humanitária expedida pela Defesa Civil do município, e um adesivo com os dizeres SOS Rio Grande do Sul”. O motorista, de 39 anos, confessou que entregaria o estepe em um posto de combustível, pouco antes de descarregar as d

Profissionais da educação visitam a CSP e descobrem novas perspectivas sobre a produção de aço

 



 

35 professores e gestores da comunidade escolar participaram do tour na usina nesta semana 

 

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) realizou mais uma ação do programa Você na CSP, promovendo uma visita guiada para profissionais da comunidade escolar do município de São Gonçalo do Amarante (SGA). Participaram 35 moradores da região que atuam na área da Educação, entre professores, coordenadores e gestores. A programação proporcionou aos presentes a oportunidade de conhecerem de perto o processo de produção do aço da CSP; as tecnologias e ações da usina para a proteção ambiental; os projetos sociais que contribuem com o desenvolvimento regional, além dos programas de portas de entrada para trabalhar na CSP. A visita aconteceu nesta terça, 7/2. 

 

Entre os presentes, estavam moradores de Bolso, Parada, Acende Candeia e de outras comunidades vizinhas. O analista Ítalo Ribeiro, da área de Relações com as Comunidades, apresentou os sete canais do Diálogo Social e os programas sociais da CSP. “Atuamos sempre com respeito às pessoas e ao meio ambiente. Com ética e transparência, sempre pautados na clareza, nós mantemos um diálogo efetivo com a nossa vizinhança”, destacou Ítalo. 

 

Tour na área industrial 

 

Os visitantes percorreram a área industrial da usina embarcados em ônibus da CSP. A experiência foi aprovada e o conhecimento obtido vai ser multiplicado, segundo o coordenador de programas e projetos da Secretaria de Educação de SGA, Erismar Carlos Monte, conhecido como professor Mazinho. “O objetivo era trazer esses profissionais para que pudessem conhecer como funciona a siderúrgica e para repassarem isso para a comunidade escolar. Hoje, um dos grandes pilares da educação é a motivação. Para os alunos, ter uma indústria desse porte tão perto é importante. Eles vão almejar um dia chegarem aqui, com toda a certeza”, explicou o docente. Ele também destacou a parceria da CSP. “Temos diversos projetos que são desenvolvidos com a CSP, e todos eles muito bem-sucedidos”, compartilhou. 

 

Memórias de SGA 

 

Exemplares do livro “Todo lugar tem uma história pra contar”, produzido pela CSP em 2015 com memórias de moradores de SGA e Caucaia, foram distribuídos a todos os docentes. A supervisora escolar Alda Marques agradeceu o presente e contou o que a surpreendeu nesta primeira visita à CSP. “Eu não sabia como era produzido o aço. Eu achava que era extraído, da mesma forma como retiram o ouro. Foi muito bacana esse aprendizado”, contou Alda. 

 

A professora contou que vai compartilhar a experiência com seus alunos, que têm de 7 a 10 anos. “Com certeza, vou ter vontade de dizer pra eles como é feito o aço. A gente houve muito falar sobre a CSP, mas não temos essa informação sobre como é a produção. É bem interessante!”, garantiu Alda. 

 

Portas de entrada na CSP 

 

área de Recursos Humanos da CSP, representada pela analista de RH Martina Vieira, também participou do evento, conversando com os presentes sobre as portas de entrada da usina e os critérios de seleção do programa Jovem Aprendiz, que contrata preferencialmente moradores de SGA, Caucaia e Paracuru. “A nossa intenção é realmente desenvolver os jovens da região. A proposta da CSP é a de dar a primeira oportunidade de emprego para eles”, explicou Martina. 

 

Comunidade na CSP 

 

Por meio do Você na CSP, o programa de visitas da CSP, a siderúrgica oportuniza visitas quinzenais para grupos de moradores das comunidades próximas da usina siderúrgica. Em 2022, foram realizadas 12 visitas. Ao todo, 357 moradores das comunidades do entorno visitaram a CSP durante os meses de abril a novembro de 2022. 

 

Confira quais são os sete Canais de Diálogo usados pela CSP: 

 

1 - Porta a Porta: visitas às comunidades vizinhas; 

 

2 - Programa Você na CSP: 2 visitas mensais das comunidades à CSP; 

 

3 - Teia Comunitária: rede de cooperação regional; 

 

4 - Comunidade Online: informativo quinzenal enviado via Whatsapp; 

 

5 - Encontro de Lideranças: apresentação do balanço anual de atividades; 

 

6 - Embaixadores do Diálogo: empregados da CSP contribuindo com o Diálogo;

7 - Ouvidoria: canal de denúncias, reclamações e elogios (0800.280.5502 ou site cspecem.com/ouvidoria).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.