Pular para o conteúdo principal

Ceneged lança projeto de incentivo a educação financeira para filhos dos colaboradores

  A companhia patrocinou a Cartilha de Educação Financeira para Crianças do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef) e deve levar o material para todas as sedes da empresa cearense, atuante em 12 estados Pensando na responsabilidade financeira das futuras gerações e alinhada aos valores ESG, a cearense Ceneged, iniciou o ano de 2024 com o projeto Gênio das Finanças. A iniciativa promove momentos com os filhos dos colaboradores para que desenvolvam uma relação mais natural e responsável com o dinheiro de forma lúdica. No primeiro encontro, na sede da empresa em Fortaleza, cerca de dez crianças com idade entre sete e 12 anos estiveram presentes. A dinâmica foi conduzida pela diretora do Ibef e CEO da Edfica - Consultoria de Impacto, Darla Lopes, que foi designada como tutora do projeto e formará multiplicadores em cada estado, assim como acompanhará mensalmente os avanços das turmas. Além das atividades, os participantes receberão uma cartilha para que possam consul

CCBNB tem neste sábado, 3 de fevereiro, às 19h, show com Edinho Vilas Boas, Fernando Rosa e Juruviara: "Pra se Misturar". Entrada franca

 

 
“Pra se Misturar – Outros Nordestes Musicais”. Três dos mais aclamados compositores cearenses, de diferentes gerações, unem forças em um show dedicado a seu repertório autoral e a canções que os influenciaram, palmilhando o chão sagrado da musicalidade do Nordeste para o Brasil.
 
Assim é o show que Edinho Vilas Boas, Fernando Rosa e Juruviara – cada um deles autor de canções intensas e reveladoras de uma verve natural e poderosa, cheia de nordestinidade espontânea e inerente, longe de clichês e estereótipos – se uniram para conceber. E que será apresentado neste sábado, 3 de fevereiro, às 19h, no Centro Cultural Banco do Nordeste, com idealização do produtor e compositor Dalwton Moura, que com eles assina a direção e a seleção de repertório do espetáculo. 


O espetáculo nasceu do propósito de levar ao público toda a beleza, força e originalidade das composições de Edinho Vilas, Fernando Rosa e Juruviara, unindo representantes de três gerações da música do Ceará que se destacaram como compositores marcados pela propriedade e pela autenticidade ao falar das coisas de cá. Dos Nordestes musicais. Cada um à sua maneira, revelando matrizes em comum, mas ressignificando referências e abrindo novas veredas para a canção do Nordeste – acima de tudo, com muita personalidade, carga dramática, intensidade poética e musical.

Descortinar à plateia toda a intensidade das composições dos três autores, além da forma singular com que as interpretam como ninguém mais poderia fazer, é o cerne do show “Pra se Misturar – Outros Nordestes Musicais”.

No espetáculo os artistas pisam esse chão com o espírito do tempo do Brasil de 2024, intuindo e partilhando antigas questões que seguem a nos desafiar mas também novos caminhos de resistência, beleza, emoção. Em canções como “Teletransporte pra Quixadá”, “Ei moço” e “Querer querer”, de Juruviara; “Passa passarinho”, “Maré vazante” e “Retumbante”, de Edinho; “Coivara”, “Invernada” e “Canto sombreado”, de Fernando, um alumbramento para o ouvinte.

Repertórios de consistência e esmero de cada um dos compositores. E canções de outros autores que os três elegeram para interpretar juntos, da lavra de Geraldo Azevedo, Renato Rocha, Ednardo, Dominguinhos, Nonato Luiz, Fausto Nilo, Belchior, Eugênio Leandro, Petrúcio Maia, Clôdo Ferreira. Gilberto Gil.

O show se faz ainda mais especial por toda a potência realizada quando desse encontro de três cantautores, trovadores que se descobrem, se identificam e crescem juntos, na união de vozes, violões, vontades, visões de mundo... Vidas! Quereres, saberes, fazeres. Em prol da música. E do público.

Mais sobre Edinho, Fernando e Juruviara

Edinho Vilas Boas é cantor, compositor e violonista premiado em festivais pelo Brasil e já dividiu palcos com inúmeros grandes nomes da cena cearense, além de artistas como Roberto Menescal, Luiz Melodia, Paulinho Pedra Azul e Jane Duboc. Realizou turnê em Portugal, viveu o “malandro” na ópera de Chico Buarque, formou-se técnico em Música pelo IFCE, lançou diversos discos autorais, incluindo um álbum ao vivo. Costuma lotar shows em Fortaleza, em espaços como o Teatro Via Sul e o BNB Clube, ambos em Fortaleza, também dividindo o palco com seus filhos, em uma família marcada pela dedicação profissional à música. Também participou com destaque do projeto “Sonho ou Canção”, disco e show de Luciano Franco e Dalwton Moura, em shows em Fortaleza, São Paulo e Rio de Janeiro. A emoção de suas interpretações, a união entre técnica e emoção, além de muito carisma no palco são características reverenciadas pelo público.

Fernando Rosa, cantor, compositor, violonista, professor, tem uma trajetória vasta e marcante no universo da música cearense, tendo lançado dois discos recheados de canções com potencial para se tornarem novos clássicos da nossa cena, além de um álbum destinado ao público infantil. Formado em Música pela Uece, foi premiado com a Bolsa de Interações Artísticas da Funarte, realizando residência na região Centro-oeste, para pesquisa e intercâmbio de repertórios. Premiado em inúmeros festivais em Fortaleza e no Interior cearense. É também autor do livro “Fazenda Poema”, vencedor do Prêmio de Criação Literária da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará em 2014. Suas canções são naturalmente permeadas por uma nordestinidade tão profunda quanto autêntica, abrindo novas veredas poéticas e musicais para dizer de coisas e sentimentos do sertão, tanto na festa quanto na dor, tanto na celebração coletiva quanto na busca individual da jornada existencial de todo ser humano.

Juruviara, também cantor, compositor e violonista, é conhecido pela beleza de sua música cheia de regionalidade, impacto cênico, voz forte feita de verve e verdade. O artista dá voz à sensibilidade, sempre de forma própria, personalíssima, seja ao interpretar suas próprias canções, seja nas releituras com que arrebata o ouvinte. Em suas apresentações, Juruviara evidencia toda a conexão com suas raízes musicais. Atualmente lançando seu segundo disco autoral, “Cantiga”, segue realizando shows em Fortaleza e em outras cidades do Nordeste. É parceiro de mestre Tarcísio Sardinha, em canções inéditas em gravação e que foram registradas em show em homenagem ao grande professor, no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza. Também premiado em festivais, é um dos nomes mais queridos do público mais jovem na cena da capital cearense, levando sempre a novas plateias tanto suas composições próprias quanto a obra de referências da canção nordestina e de outras regiões do Brasil.

Serviço:
Show com Edinho Vilas Boas, Fernando Rosa e Juruviara - "Pra se Misturar". Sábado, 3 de fevereiro, 19h, no Centro Cultural Banco do Nordeste (Rua Conde D´Eu, 560, Centro). Entrada franca. Informações: @ccbnbfortaleza ou 85-99973-3054.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.