Pular para o conteúdo principal

Sessão solene na Alece homenageia 25 anos do Instituto Centec

  Os 25 anos de fundação do Instituto Centec serão celebrados em sessão solene na Assembleia Legislativa. O evento será realizado nesta sexta-feira, 23, às 14 horas, no Plenário 13 de Maio. A sessão solene foi proposta por requerimento do deputado Marcos Sobreira (PDT), subscrito pelos deputados estaduais De Assis Diniz (PT) e Juliana Lucena (PT). A criação do Instituto Centec em 1999 é fruto do incentivo do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), que percebeu os frutos do extenso programa de educação tecnológica iniciado em 1995 com os Centros de Ensino Tecnológicos (Centecs) e os Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs). A sessão solene contará com homenagens aos fundadores da instituição e ao ex-deputado federal e ex-secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior Ariosto Holanda, responsável pela implementação dos projetos dos CVTs e dos Centecs no Ceará. Ao longo de sua história, o Instituto Centec foi responsável por fo

Ciclo Carnavalesco movimenta a economia e incrementa lucro de ambulantes em Fortaleza

  

Regina Araújo na barraca de comida
"Nesse período, as nossas vendas aumentam em torno de 30%”, conta Regina Araújo, da barraca Delícias da Márcia, que funciona no Parque Rachel de Queiroz e no Aterrinho da Praia de Iracema (Fotos: Marcos Moura)

Além da folia nos dez polos de Pré-Carnaval espalhados pela cidade, o que mais se vê nesses locais é o comércio de ambulantes. Para muitos, a festa transforma um simples dia de trabalho em um momento crucial para melhorar os negócios. Para isso, é necessário estar atento às necessidades dos clientes, ofertando um produto que atraia os foliões.

No Parque Rachel de Queiroz, no bairro Presidente Kennedy, o fim de semana é sempre animado. O espaço se tornou um ponto de encontro de famílias de toda a cidade e região metropolitana, que buscam um espaço para caminhar, lanchar e brincar ao ar livre. Com a chegada do Pré-Carnaval, a movimentação se torna ainda maior com os shows, e o que já era bom para os ambulantes fica ainda melhor.

Apenas no local, 387 permissionários atuam nesse período, sendo 312 ambulantes (entre fixos e volantes) e outros 75 trailers. Entre eles, o Delícias da Márcia, barraca de venda de pratinhos, que está no parque desde a sua inauguração. O empreendimento cresceu com a venda de comida em espaços movimentados da cidade: o parque e o Aterrinho da Praia de Iracema, que também recebe atrações de Carnaval.

A demanda é tanta nos meses de janeiro e fevereiro nos dois locais que chegam a trabalhar sete pessoas, sendo quatro no Aterrinho e três no parque, devido ao aumento no movimento. Regina Araújo, que trabalha nos dois espaços, conta que a produção de comida também aumenta para atender a demanda.

“A gente oferece mais pratos, traz mais opções com maior quantidade para os clientes, aqui no parque e na Praia de Iracema, onde o movimento também é muito grande. Nesse período, as nossas vendas aumentam em torno de 30%”, contou ela.

Rena Maciel posa para a foto
Com a chegada do período carnavalesco, Renan Maciel vende adereços, espuma, confete e bebidas

Ao longo dos 12 dias de Pré-Carnaval, 1.220 ambulantes foram autorizados pela Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger) a trabalhar nos dez polos espalhados pela cidade. Eles atuam em pontos fixos e itinerantes, sendo orientados por equipes das Secretarias Executivas Regionais, conforme plano operacional elaborado para as festividades. A média de faturamento por dia de cada ambulante varia de acordo com o tipo de produto e com o investimento.

Renan Maciel é permissionário no parque há seis meses e resolveu mudar temporariamente seu negócio para se adaptar à demanda de Carnaval. Ele trabalha com itens de festa, e no ano passado trazia um pula-pula para aluguel. Com a chegada do período carnavalesco, Renan agora vende adereços, espuma, confete e bebidas.

“No período de carnaval aumenta 100% nosso lucro em comparação ao período normal. Como a gente trabalha com artigos de festa, essa é a melhor época para venda. A gente também ficava em outro espaço do parque e viemos para mais perto do palco, o que também aumentou nossas vendas”, explicou.

 Emília Eugênia posa para a foto ao lado dos adereços de cabelo que vende
No Carnaval, Emília Eugênia, faz parte do programa Nossas Guerreiras, aumenta as vendas em 40% 

Quem também resolveu adaptar seu negócio para as vendas do carnaval foi Emília Eugênia, que trabalha com tricô e crochê. A empreendedora faz parte do programa Nossas Guerreiras, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), que oferece crédito orientado para mulheres de baixa renda que já empreendem ou desejam empreender.

A rotina de Emília é vender seus produtos em feiras, especialmente nos fins de semana. Com a chegada do Carnaval, seu foco muda. Das feiras, o Parque Rachel de Queiroz passa a ser o ponto quase fixo de seu trabalho. Das bolsas de crochê, que são seu principal produto, ela passa a vender adereços de carnaval como brincos, tiaras e colares, ainda utilizando seu talento manual com o tricô.

“Se eu saio para trabalhar nesse período o lucro é garantido, principalmente porque sou eu que faço. Nesses meses, consigo tirar uns R$ 500,00 por dia, um aumento de mais de 40% comparado com outros meses. Eu vivo disso, é minha única renda. Quando eu não estou vendendo aqui no Carnaval eu vou para o Benfica, onde também vendo muito bem, o público é maravilhoso. E na hora que eu termino, vou aproveitar a festa”, brincou.

O dinheiro extra do período carnavalesco serve para reinvestir no trabalho, ampliando e melhorando o negócio. De acordo com Emília, além desse aumento no investimento, ela ainda consegue fazer uma reserva de caixa para o futuro.

Enquanto o show de Pré-Carnaval começava no parque no último sábado (27/01), Izabel Alves aproveitou para comprar alguns adereços com Emília. Izabel, que se mudou recentemente para o Presidente Kennedy, tem aproveitado bastante o espaço para fazer caminhadas, comer e apoiar os pequenos empreendedores.

“Esse espaço melhorou muito a região e com certeza tem ajudado muito os empreendedores que ficam aqui. Acho muito importante ter esse espaço onde a gente consegue ter acesso a várias coisas por causa do trabalho dos ambulantes. Gosto muito de comer nos trailers, adoro a barraca de yakissoba, e hoje vim pela primeira vez para o pré-carnaval, espero vir mais vezes, achei super legal”, disse ela.

Ambulantes credenciados

Na Secretaria Executiva Regional 2, 580 ambulantes estão autorizados para atuar nos polos Mocinha, Praia de Iracema e Náutico. Na SER 3, as festividades acontecem no Parque Rachel de Queiroz e são 387 permissionários, sendo 312 ambulantes e 75 em trailers. Já na Praça João Gentil, no bairro Benfica, a Regional 4 cadastrou e autorizou a atividade de 50 comerciantes. Nos tradicionais polos Mercado dos Pinhões, Praça do Ferreira, Raimundo do Queijo, Passeio Público e Largo Assunção (Centro Cultural Belchior), localizados na SER 12, são 203 comerciantes autorizados para trabalhar em barracas, carrinhos ou de forma itinerante.

Além do auxílio da Seger, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) também atua nos pontos de festa, com mais de 300 agentes entre fiscais, coordenadores e auxiliares, impedindo o comércio irregular e garantindo o cumprimento das autorizações emitidas pelas Secretarias Regionais, permitindo que os permissionários possam realizar suas vendas de maneira tranquila e organizada.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.