Economia - Maracanaú apresenta o quarto maior montante exportado dos municípios cearenses

Maracanaú possui um polo industrial importante na composição da economia cearense, 41% de tudo que é produzido pela cidade vem desse setor (IBGE 2015). Em 2017, a cidade apresentou o quarto maior montante exportado dos municípios cearenses, e o terceiro maior importado. O valor exportado é 17% maior do que o de 2016, e as importações seguiram o mesmo ritmo, crescendo 16,9% em relação ao ano anterior. O saldo da balança comercial do município caiu de US$ 156,3 milhões negativos para US$ 182,7 milhões também negativos. É o que aponta estudo do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

Os números mostram a participação de Maracanaú na balança comercial do Estado, de modo que 12,9% das importações cearenses pertencem ao município. Os principais subsetores exportados variam entre couros, barras de ferro, algodão e inseticidas, com destaque para o segundo que cresceu 247,3% entre 2016 e 2017.

Os parceiros comerciais mais relevantes da cidade sob o âmbito das exportações são: Peru e Estados Unidos, com uma forte ressalva para o primeiro que cresceu 268,5% em 2017 se tornando o principal destino das vendas externas de Maracanaú. A China é a líder no ranking dos países de origem das compras externas com mais de 37% do que é importado pela cidade.

Maracanaú é o município de segundo maior Produto Interno Bruto (PIB) per capta do Estado. Em 2015, uma pesquisa realizada pelo Urban Sysrtems colocou o município na 7ª posição na lista das melhores cidades para negócios do Brasil.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.