Pular para o conteúdo principal

Abrasel promove 15º edição do festival Bar em Bar com o tema “Saúde, vamos brindar à vida”

 

bar em bar.jpg

Com o tema “Saúde, vamos brindar à vida”, a 15º edição do festival Bar em Bar da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) já está com inscrições abertas. Os estabelecimentos têm até 26 de outubro para participarem da 15° edição do evento.


O festival gastronômico Bar em Bar reforça a importância dos cuidados sanitários em relação à pandemia e também enaltece o papel social dos bares. É uma instituição nacional que faz a alegria de todos, abriga o papo, o riso, o violão em festa, a contestação e a comemoração. O evento conta com o patrocínio nacional da Ambev e acontecerá entre os dias 4 e 21 de novembro. Para participar, é necessário entrar em contato com a Abrasel da sua região.


“O tema do festival não poderia vir em melhor hora. Os bares foram extremamente prejudicados neste período. Precisamos continuar a retomada, de forma segura, seguindo protocolos. Milhões de brasileiros não abrem mão de estar ali, no bar, junto aos familiares e amigos. Mais do que nunca é preciso celebrar a vida”, diz Paulo Nonaka, presidente do Conselho de Administração Nacional da Abrasel.


Segundo Taiene Riguetto, presidente da Abrasel no Ceará, o Bar e Bar é um dos maiores festivais desse nicho e acontece simultaneamente em mais de 50 cidades pelo Brasil. O Ceará tem tradição nesse festival, é o estado que mais tem estabelecimentos participantes. “Agora podemos voltar a nossa perspectiva, além de já ser forte no estado do Ceará, abre grande possibilidade de aumentar a geração de renda, aumentar o movimento e geração de novos empregos, principalmente nesse pós pandemia, na reconstrução do setor. É uma oportunidade de capacitar essas pessoas que estão entrando no mercado, readaptar as pessoas que estão a mais tempo no mercado e a expectativa da Abrasel é que a gente tenha recorde novamente de participação e mais do que tudo, que volte a movimentar um setor tão fragilizado pela pandemia e que todo esse movimento seja um marco na alavancagem da recuperação desse setor”, comenta.



Números que impressionam


O Bar em Bar é um evento colossal. Em 2020, o festival contou com a participação de mais 300 bares em 40 cidades de 10 diferentes estados. Nesta edição, é esperado que o número de bares inscritos dobre devido à reabertura do comércio e à retirada de restrições de horários de funcionamento em algumas cidades. A expectativa é que mais de 600 bares participem!


A presença de cada região dá um toque especial para o festival por meio da diversidade gastronômica. Para participar do Bar em Bar, as casas devem criar uma receita diferente daquelas já ofertadas no cardápio, que serão oferecidas a um preço promocional.


É uma maneira de atrair novos consumidores e receber feedbacks não só sobre as porções criadas, mas também sobre o serviço do estabelecimento. É um momento bastante oportuno para estimular a criatividade dos chefs, elaborar novos petiscos e tornar o menu do bar cada vez mais atrativo.


Em alguns estados o Bar em Bar também funciona em formato de concurso, elegendo o melhor petisco dentre as casas participantes. Muitos estados também adotaram temas especiais para a criação dos pratos, de acordo com a culinária da região. Em 2021, será permitido que o estabelecimento participe do festival em formato híbrido, ou seja, os clientes poderão desfrutar as porções presencialmente ou via delivery ou “pra levar”.


Serviço:

Bar em Bar - Saúde, vamos brindar à vida - 4 a 21 de novembro

Mais informações ao consumidor final: barembar.com.br

Realização: Abrasel

Patrocínio nacional: Ambev

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que